Filme brasileiro com Sônia Braga será destaque no badalado Festival de Cannes

Longa “Aquarius”, dirigido pelo cineasta recifense Kleber Mendonça Filho (do elogiado “O Som ao Redor”), concorrerá à Palma de Ouro

0
3584
Sonia Braga nas gravacoes de ‘Aquarius’, destaque em Cannes
Sonia Braga nas gravacoes de ‘Aquarius’, destaque em Cannes

DA REDAÇÃO (com G1) – O filme brasileiro “Aquarius”, do diretor recifense Kleber Mendonça Filho (“O som ao redor”), foi selecionado para a mostra oficial do 69º Festival de Cannes e vai disputar a Palma de Ouro, anunciou a organização do evento na quinta-feira (14). O evento, considerado um dos principais do calendário de cinema internacional, acontece entre 11 e 22 de maio. As informações são do portal G1.
“Aquarius”, que tem Sonia Braga como protagonista, marca o retorno do Brasil à mostra competitiva de longas de Cannes após vários anos de ausência. O presidente do júri é o cineasta e roteirista australiano George Miller, diretor de “Mad Max”.

No representante brasileiro da disputa, Sonia Braga interpreta Clara, uma viúva, moradora do Bairro de Boa Viagem, que vive cercada de discos e livros. ela tem também o dom de viajar no tempo.

“Quando li ‘Aquarius’, tive que parar para respirar. Sim, respirar e entender que era real. Que era um roteiro do Kleber Mendonça e que ele estava me oferecendo para participar”, afirmou Sonia Braga em nota divulgada em julho de 2015.

“Pareceu de cara um sonho: uma personagem íntegra, da minha idade, com meus sonhos, com os meus sonhados filhos e família. Quis logo viver esta mulher. As palavras do roteiro pareciam que já tinham andado na minha boca”.

Outro representante do Brasil no 69º Festival de Cannes é “A moça que dançou com o diabo”, que disputa a Palma de Ouro entre curtas-metragens. Com duração de 14 minutos, o curta é dirigido por João Paulo Miranda Maria e inspirado em uma lenda urbana de São Carlos (SP). Trata-se da história de uma garota de família religiosa que, na noite de Sexta-feira da Paixão, dança com um forasteiro que mais tarde revela ser o diabo.

Outras estreias

Além dos destaques brasileiros, o festival francês sera palco para estreias de filmes de diretores badalados, como Pedro Almodóvar (que fará o début de seu “Julieta), Woody Allen (“Café Society”), Jim Jarmush (“Paterson”) e Paul Verhoeven (“Elle”). Produções dirigidas por atores hollywoodianos também sera destaque da programação, caso de “The Last Face”, de Sean Penn; e de “Money Monster”, de Jodie Foster.