Flórida recebe $245 milhões em recursos federais para agilizar vacinação

Repasse de dinheiro é parte de um esforço do governo Biden em aumentar o número de pessoas imunizadas contra o coronavírus em todo o país

0
620
A Pfizer também já fez esse pedido na semana passada, tanto nos EUA quanto no Reino Unido (foto: flickr)
Flórida é um dos estados que menos distribuiu a vacina nos EUA, segundo o NYT (foto: flickr)

A Federal Emergency Management Agency (FEMA), anunciou a transferência de $245 milhões em recursos federais para a Flórida cobrir os custos associados ao transporte, armazenamento e manuseio das vacinas contra a covid-19.

Um levantamento do jornal New York Times (NYT) revelou que o estado ocupa o 42º lugar no ranking dos 50 que mais imunizaram sua população.

“Este financiamento ajudará a Flórida a distribuir e administrar as vacinas para mais moradores”, disse Gracia Szczech, administradora da Região IV do FEMA. “Temos trabalhado em estreita colaboração com nossos parceiros estaduais desde o início da pandemia e esses dólares ajudarão em seus esforços contínuos”, completou.

Os repasses de dinheiro para os governos estaduais são parte de um esforço da administração Biden em aumentar o número de pessoas vacinadas em todo o país.

Maryland, New Jersey, New York e Pennsylvania também foram beneficiados com os recursos.

Recentemente, o governador Ron DeSantis, expandiu a oferta de vacinas nos supermercados Publix para idosos acima de 65 anos.

Ele rejeitou o plano de Biden em criar postos de vacinação controlados pela FEMA e pela National Guard em todo o país.

“Eu vi algumas dessas coisas que Biden está divulgando, que ele vai criar esses campos da FEMA”, disse DeSantis em 19 de janeiro. “Posso te dizer, isso não é necessário na Flórida”, disse o Republicano.

De acordo com o governador, a Flórida administrou cerca de 375 mil doses por semana desde o lançamento de sua estratégia de vacinação no final de dezembro.

Idosos acima de  65 anos de idade, profissionais de saúde, funcionários de instituições de longa permanência e pessoas que têm condição de saúde vulnerável podem se inscrever para receber a vacina clicando aqui