FPL Group pode adquirir gigante de energia

0
942

Consumidores da Flórida questionam proposta $11 billhões

Mesmo após ter enfrentado duas temporadas terríveis de furacão, o FPL Group pode estar acelerando a diversificação de suas fontes de energia e fortalecendo seus recursos energéticos com uma aquisição que pode acrescentar mais usinas nucleares.

O FPL Group não confirma ter feito um lance para assumir o controle acionário do Constellation Energy Group Inc., baseado em Baltimore, que tem três usinas nuclerares, assim como a FPL. Analistas de Wall Street aplaudem a potencial fusão, citando aspectos complementares de um negócio de $11 bilhões que pode criar um gigante do setor de energia com operações em todo os Estados Unidos.

Mas a proposta já tem advogados de consumidores questionando porque os moradores da Flórida têm de engolir os custos do aumento do combustível e os danos provocados pelos furacões na Florida Power and Light Co., que fornece 90 por cento da receita da empresa matriz.

“Parece que eles têm um monte de dinheiro escondido, não é?”, disse Harold McLean, do conselho público da Flórida. Os usuários da Flórida não deveriam estar preocupados sobre tarifas maiores por causa de uma fusão, acrescentou. “Eles podem comprar um time de beisebol ou uma companhia de seguro, mas não podem fazer isto de modo que afete as condições do serviço ou as tarifas.”

Embora negando-se a comentar o negócio proposto, qualquer aquisição teria de se encaixar numa boa estratégia, revelou a FPL nesta quarta-feira (14/12). “Estávamos procurando por uma companhia similar à nossa”, disse Bill Swank, porta-voz da FPL, empresa sediada em Juno Beach. “Consideraremos tudo para que seja bom para a companhia e para os acionistas.”

O negócio, se fechado, transformará a nova empresa na terceira maior companhia de energia dos Estados Unidos.