Frio castiga Nordeste americano com temperaturas polares

Sensação térmica chegou a -100F (-73C) no Monte Washington, em New Hampshire

0
4746

DA REDAÇÃO, COM AP – Cerca de 100 milhões de pessoas sofrem com a brutal onda de frio que atacou a Costa Leste dos Estados Unidos nos últimos dias. Depois da tempestade de neve, ventos gelados assolaram o Nordeste e levaram a sensação térmica perto de impressionantes 100F (-73C) negativos no Monte Washington, New Hampshire, colocando a área entre as regiões mais frias do mundo neste momento.

Em Burlington, Vermont, a temperatura caiu à mínima de -1F (-17C), com sensação térmica de -30F por causa do vento. Na Philadelphia e em New York os termômetros marcaram 8F. Já em Hartford, Connecticut, a mínima chegou a -10F, com sensação térmica de -20F.

No sábado, ventos de 90 mph gelaram o Monte Washington, o ponto culminante do Nordeste americano, e baixaram os termômetros para -37F, com sensação térmica de glaciais -93F.

Em Boston, sob relativamente amenos 11F, o problema agora é outro: a escassez de encanadores, depois que várias tubulações estouraram por causa da água congelada no seu interior. Uma ressaca trouxe três pés de água para a costa de Massachusetts, a maior cheia registrada até hoje. Moradores de Boston e áreas suburbanas tentavam limpar as ruas depois que a maré deixou as ruas inundadas. A população teve que abandonaras casas quando a água da enchente começou a congelar.

A temperatura deve melhorar na segunda-feira em New York. A previsão é de que os termômetros marquem a casa dos 40F na próxima semana.