Fundada por brasileiros, Wildlife Studios é avaliada em US$ 1.3 bilhão

Empresa criada pelos irmãos Lazarte alcança patamar de unicórnio

0
4559
Escritório da Wildlife Studios (Foto: Glassdoor)
Escritório da Wildlife Studios (Foto: Glassdoor)

DA REDAÇÃO – Criada pelos irmãos Victor e Arthur Lazarte com investimento total até hoje de apenas $100, a empresa de jogos mobile Wildlife Studios acaba de se juntar ao seleto grupo de unicórnios globais. A empresa foi avaliada em $1.3 bilhão após rodada de investimentos liderada pelo fundo norte-americano Benchmark Capital.

A Wildlife nasceu em 2011, na casa dos pais dos empreendedores, em São Paulo. Os irmãos enxergaram no avanço dos smartphones a oportunidade de combinar o sonho de desenvolver jogos com o potencial de distribuição do então incipiente mercado mobile. A aposta dos jovens engenheiros estava certa: hoje, os jogos eletrônicos para dispositivos móveis já respondem por mais de 50% de toda a indústria de video games, movimentando quase $70 bilhões por ano e crescendo 26% ao ano.

 “A Wildlife sempre foi uma empresa que gerou caixa para financiar o próprio crescimento. A motivação para essa rodada de investimento foi construir uma parceria estratégica com o Benchmark, que já viu e ajudou outras empresas de tecnologia a desenhar e implementar suas estratégias de crescimento. De fato, poderíamos ter levantado capital com outros fundos em valuations maiores. O Benchmark é o fundo com maior retorno na indústria de venture capital, e empresas investidas crescem em média 10 vezes após o aporte inicial”, conta o cofundador da Wildlife, Victor Lazarte, hoje com 33 anos de idade.