Furacão Irma matou oito pessoas na região de Flórida Keys

No Estado, 12 pessoas morreram; morte de seis idosos por falta de energia elétrica em Hollywood nesta quarta-feira (13) ainda não foi contabilizada pelas autoridades

0
2369
Devastação causada pelo furacão Irma na região de Flórida Keys
Devastação causada pelo furacão Irma na região das Flórida Keys (Foto: Reuters)

O furacão Irma matou oito pessoas na região de Flórida Keys, no Condado de Monroe, de acordo com as autoridades. Duas mortes foram registradas em Key West.

Mais de 40 pessoas ficaram feridas, sendo 30 delas em Key West. Os moradores da região receberam ordens para se retirarem da área na quarta-feira (6), mas muitos optaram por ficar.

O olho do furacão Irma tocou terra no arquipélago com ventos de 130 mph no domingo (10), segundo dados do National Hurricane Center.

Após sobrevoar a área de Florida Keys, o governador Rick Scott disse que a zona tinha ficado “devastada” e os estacionamentos de trailers destruídos.

“Há devastação. Só espero que todos tenham sobrevivido, o que vimos foi horrível. Há muitos danos”, contou Scott.

As autoridades anunciaram que 12 pessoas morreram em consequência da passagem do furacão Irma pela Flórida. Fatalidades foram reportadas nos condados de Broward, Liberty, Duval, Pinellas, Pasco e Marion. As mortes foram causadas por acidentes de carro, preparação pré-furacão e ataques cardíacos.

Na quarta-feira (13), seis idosos morreram em um asilo de Hollywood (FL) e essas mortes ainda não foram contabilizadas, pois ainda estão sob investigação.

As autoridades ressaltam que o número de mortes só não foi maior porque a maior parte das pessoas obedeceu às ordens de evacuação de áreas de risco.