Gangue de Miami é presa por roubo multimilionário de carne

Três homens são acusados de organizar cerca de 45 roubos de carne congelada

0
1290
Cerca de $9 milhões em carne congelada foram roubados no centro-oeste. Foto: Reprodução Meat Poultry

Três homens da Flórida foram presos acusados de roubar cerca de $9 milhões em carne congelada no centro-oeste dos Estados Unidos, de acordo com declaração da Homeland Security Investigations (HSI), na terça-feira (25).

Yoslany Leyva Del Sol, Ledier Machin Andino e Delvis L. Fuentes, todos da área de Miami, são acusados ​​de lavagem de dinheiro e transporte de bens roubados.

Os homens são apontados como supostos mentores por trás do que a HSI descreveu como uma “empresa criminosa organizada e altamente sofisticada” com sede na Flórida, que roubava fábricas de embalagens de carne bovina e suína.

A investigação sobre o roubo multimilionário começou em junho, depois que várias cargas de carne congelada, avaliadas em cerca de $1 milhão, foram roubadas no condado de Lancaster, em Nebraska. O Gabinete do Xerife local trabalhou com o escritório de campo da HSI em Omaha para investigar cerca de 45 roubos ocorridos desde junho de 2021 em Nebraska, Iowa, Minnesota, Dakota do Sul, Dakota do Norte e Wisconsin, totalizando $9 milhões em perdas.

Os investigadores identificaram o esquema de crime organizado estabelecido em Miami e, em 20 de outubro, prenderam três dos principais suspeitos. Com a prisão, os investigadores também recuperaram três carretas com mercadorias roubadas avaliadas em $550 mil, de segundo a HSI.