Gasolina e alimentos pressionam inflação nos Estados Unidos

Aumento de 0,6% em junho é o maior em oito anos

0
435
O preço da gasolina foi um dos responsáveis pela inflação de 0,6% em junho (Foto: Derek Jensen)
O preço da gasolina foi um dos responsáveis pela inflação de 0,6% em junho (Foto: Derek Jensen)

O índice de preços ao consumidor nos Estados Unidos registrou uma alta de 0,6% no mês passado, o que não é comum, mas nada que preocupe as autoridades econômicas do país. Os maiores responsáveis pela alta foram a gasolina e os produtos de alimentação, que puxaram a inflação de junho ao seu maior resultado em oito anos.

O resultado não deixa de ser surpreendente, até porque em maio o índice tinha registrado recuo de 0,1%, com quedas também nos dois meses anteriores. A pequena inflação não está tirando o sono dos especialistas do Banco Central norte-americano (Fed) e mais dinheiro será injetado na economia, em recessão desde fevereiro.

Além dos aumentos de alimentos e energia, houve alta também nos preços de vestuário e saúde. O Fed está acompanhando de perto essa movimentação, até porque quer manter a meta de inflação de 2%, estipulada para 2020.