Google é multado em $350 milhões na Rússia por conteúdo proibido

O valor da multa equivale a um décimo da receita do Google

0
288
A empresa promove “visões extremistas e a ideologia de organizações terroristas”, dizem os russos.
A empresa promove “visões extremistas e a ideologia de organizações terroristas”, dizem os russos.

A empresa Google LLC foi multada em 21,077 bilhões de rublos (cerca de $350 milhões) por um tribunal de Moscou por se recusar a remover conteúdo proibido na Rússia. A multa administrativa equivale a um décimo da receita do Google e suas empresas afiliadas registradas nas autoridades fiscais russas. Cabe recurso.


O YouTube, de propriedade do Google, “contribui deliberadamente para a distribuição de informações não confiáveis sobre o progresso da operação militar especial [russa] na Ucrânia; materiais que promovem visões extremistas e a ideologia de organizações terroristas”, disse, no mês passado, um site do corpo diretivo das telecomunicações russas, Roskomnadzor.


Em dezembro, um tribunal de Moscou multou pela primeira vez o Google em 7,2 bilhões de rublos (cerca de $120 milhões) por não remover informações proibidas. Além disso, a gigante americana foi multada em 15 milhões de rublos (cerca de $250 mil) no mês passado por sua repetida recusa em armazenar dados pessoais de usuários russos em servidores domésticos daquele país.