Governadora Democrata pede que Biden não mande imigrantes para o Novo México 

Michelle Grisham fez um apelo ao presidente para que o plano de enviar imigrantes para o seu estado seja adiado; “todo os recursos estão sendo usados para lidar com incêndios e onda de calor”

0
556
Govenadora do Novo México pede que Biden não envie imigrantes para o seu estado (Foto: Flickr)
Govenadora do Novo México pede que Biden não envie imigrantes para o seu estado (Foto: Flickr)

A governadora do Novo México, Michelle Lujan Grisham, fez um apelo esta semana para que o presidente Joe Biden adie seus planos de enviar imigrantes para o estado. 

Michelle disse que a chegada de mais imigrantes pode afetar dramaticamente a capacidade do estado de oferecer ajuda humanitária a moradores da fronteira afetados por incêndios.  A governadora enviou uma carta com suas preocupações ao secretário de Homeland Security, Alejandro Mayorkas. 

A governadora está entre os aliados do presidente que temem que a chegada de mais imigrantes aos seus estados afete negativamente as eleições deste ano.

Na carta, Michelle disse que os problemas na fronteira e suas falhas são preocupantes, mas a segurança pública e a saúde da população são primordiais neste momento. A democrata disse, ainda, que teme pela grande crise humanitária que pode ser criada se as restrições sanitárias forem suspensas. 

“O Novo México e outros estados na fronteira serão os mais afetados pelos impactos do influxo de imigrantes que chegam sem qualquer planejamento ou condições dignas de sobrevivência. Eu não posso permitir isso”.

Incêndios em massa no Novo México são resultado de queimadas planejadas pelo governo federal para limpar a vegetação e reduzir o risco de incêndios florestais catastróficos. Com as chamas escapando da contenção, milhares de moradores foram forçados a fugir e as comunidades rurais agora enfrentam ameaças de inundações pós-incêndio e outros problemas.