Governo Biden intensifica deportação de imigrantes por meio de aviões fretados

Deportações sumárias – quando o imigrante é deportado sem que seja marcada uma audiência com o juiz – têm aumentado na mesma proporção que a entrada ilegal de imigrantes

0
2512
Governo intensifica a deportação de imigrantes por meio de voos fretados (Foto ICE)

O governo Biden anunciou, na última semana, que vai intensificar a deportação sumária de imigrantes que tentarem entrar pela fronteira, especialmente, na região do Rio Grande, no Texas. A administração vai fretar aviões com esses imigrantes sem que haja a necessidade de uma audiência com um juiz de imigração.

Segundo informações do site Politico, a deportação sumária por meio de aviões fretados é uma resposta da Casa Branca à intensificação do fluxo de imigrantes indocumentados que chega todos os dias na fronteira dos EUA com o México.

“Famílias detidas pelo Customs and Border Protection serão removidas por meio de aviões fretados pelo governo para os seus países de origem. A ‘remoção expressa’ é legal e tem o objetivo de organizar a entrada de imigrantes em segurança”, disse o Departamento de Homeland Security (DHS) em comunicado.

O governo usa o argumento que é uma questão de saúde pública devido à pandemia do coronavírus, o chamado Title 42, que foi anunciado no governo Trump.

A administração Biden já mandou pelo menos cinco aviões fretados com imigrantes indocumentados para o Brasil. O mais recente levou 110 pessoas, que tentaram entrar nos EUA de forma ilegal.