Governo já deteve um milhão de pessoas na fronteira somente neste ano fiscal de 2021

Fome, pobreza e violência são fatores determinantes na tentativa de entrar irregularmente, dizem especialistas

0
1427
Imigrantes são devolvidos ao Mexico através da ponte de Santa Fé em Ciudad Juarez pelo U.S. Customs and Border Protection (USA Today Network, via REUETRS)

O governo já fez mais de um milhão de detenções de imigrantes na fronteira com o México neste ano fiscal de 2021, segundo números divulgados pela agência de notícias Reuters. O número final pode ser muito maior, já que o ano fiscal só termina em setembro.

Somente no mês de maio foram mais de 172 mil detenções de imigrantes tentando cruzar a fronteira sudoeste, a maioria proveniente de países da América Central, como Guatemala, Honduras e El Salvador.

Os números dão a medida do desafio enfrentado pelo presidente Joe Biden na questão imigratória. O Democrata reverteu diversas medidas duras impostas pelo governo anterior na perseguição à imigração ilegal e herdou uma crise que se torna mais grave a cada dia.

A oposição Republicana diz que o governo é culpado pela situação na fronteira, mas os especialistas em migrações afirmam que pobreza, violência e fome são os fatores predominantes no número de pessoas que buscam entrar irregularmente nos Estados Unidos.