Governo vai construir acampamentos para 7,5 mil imigrantes na fronteira com o México

Departamento de Segurança Interna (DHS) vai administrar complexos temporários

0
1329
O Pentágono vai construir os campos em apoio e a pedido do Departamento de Segurança Interna (DHS)
O Pentágono vai construir os campos em apoio e a pedido do Departamento de Segurança Interna (DHS) (Foto: U.S. Army/Pfc. Hubert D. Delany III)

O Departamento de Defesa anunciou na quarta-feira (22) que vai construir seis acampamentos temporários em áreas de fronteira com o México, nos estados do Texas e Arizona, para abrigar 7,5 mil imigrantes.

O Pentágono vai construir os campos em apoio e a pedido do Departamento de Segurança Interna (DHS), encarregado da segurança das fronteiras e da imigração no país.

O DHS vai administrar os acampamentos, segundo o comunicado do Pentágono: “O pessoal militar não operará as instalações e apenas construirá as tendas. A operação das instalações é de responsabilidade do DHS”.

Além de construí-los, o Pentágono também cederá as barracas para os acampamentos, que abrigarão 7,5 mil adultos que já passaram pela Patrulha da Fronteira e que foram entregues às autoridades de imigração.

“Esse apoio é fornecido para ajudar o DHS a enfrentar a atual crise humanitária e de segurança em nossa fronteira sul”, explicou o Pentágono.

Os acampamentos estarão situados em Tornillo, Donna, Laredo, e Del Rio (Texas) e em Tucson e Yuma (Arizona), locais escolhidos pelo DHS.

A organização Human Rights Watch (HRW) já denunciou no início de maio a criação de centros de detenção com tendas para abrigar imigrantes que cruzam a fronteira sul com o México.

A HRW informou que teve imagens de satélite feitas no dia 25 de abril que mostram a criação “rápida” desses campos em posições administradas pela Patrulha da Fronteira em El Paso e Donna. (Com informações do G1)