Grupo de vozes Brazilian Voices lança documentário inédito nesta terça-feira (19)

Coral feminino do Sul da Flórida celebra 16 anos levando música e cultura brasileira a hospitais, escolas e teatros da região

0
2087
Trabalho de 16 anos do grupo será mostrado em documentário inédito
Trabalho de 16 anos do grupo será mostrado em documentário inédito

Há 16 anos, um grupo de mulheres criou o coral de vozes femininas no Sul da Flórida, o Brazilian Voices, que vai lançar um documentário inédito nesta terça-feira (19), durante o 21º Brazilian Film Festival of Miami. A exibição do documentário ‘Brazilian Voices’ gravado e dirigido pelos jornalistas Luciana Demichelli e César Gomes, será às 7 da noite no Cinematheque Miami Beach – 1130 Washington Ave – Miami Beach, FL 33139.

O documentário tem o objetivo de mostrar o trabalho do Brazilian Voices na promoção da cultura brasileira em escolas, hospitais, centros de tratamento de câncer, asilos, além dos concertos realizados no Broward Center, em Fort Lauderdale, e em grandes teatros no Sul da Flórida. O filme tem duração de dez minutos e foi gravado ao longo de cinco anos.

Fundado e capitaneado por Loren Oliveira e Beatriz Malnic, o grupo – hoje com 34 mulheres – é uma organização sem fins lucrativos e é considerado um ícone cultural da comunidade brasileira, tendo se apresentado em locais como New York, Londres, Barcelona e Madri, além, é claro, da Flórida. Ao longo dessa década e meia de existência, o Brazilian Voices já gravou sete discos. Mais tarde, ganhou a adesão de Viviane Neves, que é também uma grande entusiasta do grupo.

“O documentário está lindo. Ele conta um pouco da nossa história, das cantoras, da vida de cada uma. Eles pegaram momentos ao longo de três anos, em hospitais, escolas, teatros e, claro, um pouco dos bastidores”, explicou Loren, que enfatiza a importância de todos os voluntários que trabalham em conjunto para que o trabalho possa acontecer.

Mais de 170 cantoras já participaram da organização durante esses 16 anos e esses momentos foram compartilhados no documentário. “Foram muitos encontros e despedidas, muitas lágrimas de saudades, música e risos. Pessoalmente, sempre me recordo da emoção que sentimos quando entramos no palco do Broward Center em 2007 com o teatro lotado de crianças e professores exaltando o Brasil e gritando (com placas feitas à mão) “God Bless Brazil”, “Brazilian Voices We Love You””, disse Loren. “Agora, esperamos toda a comunidade para celebrar este momento conosco”.

A diretora do filme, Luciana Demichelli, explica que a ideia surgiu a partir da observação do trabalho do coral e da vontade de querer mostrar um pouco mais sobre o grupo. A partir daí, durante cinco anos, foram gravadas imagens e capturados momentos e entrevistas das protagonistas do grupo. “Nossa ideia era deixar tudo documentado e ter um material como esse documentário para o futuro, e conseguimos. O documentário está muito bacanas e é grande a expectativa”, disse a diretora.

Confira o vídeo com trailer do documentário: