Hackers postam informações de 26 mil estudantes de Broward na internet

Piratas online queriam $40 milhões de distrito escolar para não publicar informações

0
533
Computadores do distrito escolar de Broward foram invadidos por hackers (Foto Flickr)

Hackers pediram $40 milhões ao distrito escolar do condado de Broward para não postar na internet informações sigilosas sobre pelo menos 26 mil estudantes e funcionários de escolas. O distrito se recusou a pagar e as informações foram postadas online. As informações são do Sunsentinel.

Segundo o jornal, entre as informações roubadas dos estudantes e divulgadas, estão endereços, telefones, invoices, transações financeiras, compras e formulários. Números de Social Security não foram divulgados. Os dados publicados variam entre 2012 e 2021.

O distrito já havia divulgado que estava sendo chantageado e que não havia intenção de pagar esse valor aos piratas da internet.

“Com a assistência e profissionais de tecnologia, estamos analisando o que foi divulgado para determinar as ações que serão tomadas”, informou o distrito por meio de nota.

Funcionários tiveram informações divulgadas, tais como relatórios, recibos, transações financeiras, telefones e endereços.

Ataques cibernéticos a escolas de todos os Estados Unidos são mais comuns do que se imagina. Apenas em 2021, 550 escolas sofreram ataques desse tipo.

O condado de Broward informou que está tomando as medidas necessárias para aumentar a segurança de seus sistemas internos.