Hillary Clinton diz que “fará tudo” para ajudar indocumentados

0
2307

O comitê de campanha Hillary for América lançou um poderoso anúncio na televisão e online chamado “Brave” (Corajoso, em tradução livre) em Nevada. No anúncio, a candidata presidencial Democrata conversa com uma menina de 10 anos, com traços físicos latinos, preocupada com a possibilidade de seus pais serem deportados. O diálogo ocorreu durante um encontro com Clinton e DREAMers, imigrantes indocumentados trazidos aos EUA ainda na infância, em Las Vegas, no domingo (14).

“Os meus pais têm uma carta de deportação. Eu tenho medo que eles sejam deportados”, diz a menina.

Abraçando a criança, Clinton diz: “Deixe-me preocupar por você. Eu lidarei com toda a preocupação. Eu farei tudo o que puder para ajudar, OK?”

A nova propaganda está sendo veiculada em todo o estado de Nevada e encoraja a população a votar no cáucus de sábado (20).

No início de sua campanha, Hillary anunciou planos de reformar o sistema migratório do país que incluem; a aprovação de uma reforma ampla que inclui a possibilidade de legalização dos indocumentados que visa manter as famílias unidas e tirar das sombras milhões de trabalhadores; o término da detenção de famílias e o fechamento dos centros de detenção de imigrantes privados; o apoio às ações executivas do Presidente Barack Obama que beneficia os “Dreamers” e os pais de cidadãos americanos ou residentes permanentes; encorajar a naturalização e ajudar os milhões de imigrantes legais que qualificam para o processo.

Hillary apoiou o projeto de lei bipartidário aprovado pelo Senado em 2013 e, diferente do Senador Bernie Sanders, fez o mesmo com o projeto de lei em 2007.