Idosa da Flórida perde $700 mil em “golpe da vovó”

O advogado da idosa entrou com uma ação civil contra o banco, alegando negligência por deixar a mulher tirar tanto dinheiro sem questionar

0
1713
Idosa perdeu todas as economias por ter caído em golpe (Foto Flickr)

Uma mulher de 82 anos perdeu mais de $700 mil em “golpe da vovó”, como foi apelidado pela polícia. O caso aconteceu em Tampa, Flórida.

Segundo a polícia, os golpistas convenceram a idosa de que a neta estava em perigo e precisava de dinheiro, mas que ninguém poderia saber. Eles disseram que a mulher teria que sacar o dinheiro no banco e entregar a um motoboy, que fazia parte do esquema.

A primeira ligação que a idosa recebeu foi de uma mulher se passando sua neta. Ela teria dito que sofreu um acidente de carro e precisava do dinheiro para ser libertada da prisão. Um homem se passando pelo advogado da ‘neta’ também ligou para a idosa pedindo dinheiro.

Os bandidos convenceram a mulher a fazer 13 saques em diferentes agências do BB&T Bank, até que o dinheiro da idosa acabou. O golpe durou semanas sem que a mulher notasse que estava sendo roubada.   

Investigadores solicitaram ao Uber informações sobre as viagens feitas pela idosa, já que os carros que a buscavam em casa eram solicitados pelos bandidos.

O advogado da idosa entrou com uma ação civil contra o banco, alegando negligência por deixar a mulher retirar tanto dinheiro sem questionar, o que não era habitual.