Igreja católica de New Jersey faz acordo de $87,5 milhões com vítimas de abuso sexual

Cerca de 300 pessoas ou seus familiares que serão indenizados sofreram abusos entre os anos de 1950 a 1990

0
554
Acordo entre igreja vítimas ainda precisa ser aprovado por uma Corte Judicial (foto: Associated Press)

A Diocese de Camden, em New Jersey, concordou em pagar $87,5 milhões em indenizações às vítimas de abusos sexuais cometidos por membros do seu clero. O acordo foi anunciado na terça-feira (19), e é um dos maiores desta natureza envolvendo uma igreja católica nos EUA. Em comunicado publicado em sua página na internet, o Bispo Dennis J. Sullivan expressou “sinceras desculpas a todos aqueles que foram afetados pelos abusos” e reiterou seu compromisso para  que isso “nunca mais aconteça”.

As cerca de 300 vítimas ou seus representantes que serão indenizados foram violentados entre os anos de 1950 e 1990.  O montante acordado ainda precisa ser avaliado por uma Corte Judicial e, se aprovado, será pago em até quatro anos.Em  2019, cinco igrejas de New Jersey listaram nomes de 180 padres acusados de abusos sexuais de menores ao longo de décadas. Alguns já morreram, enquanto outros foram expulsos da igreja.