Argentino que participou de documentário sobre as prisões da imigração é preso pelo ICE

Claudio Rojas é um dos personagens do documentário ‘The Infiltrators’, que será exibido esta semana no Miami Film Festival; ele não poderá comparecer porque está preso

0
2706
Claudio Rojas - cortesia do filme Infltrators ao Miami Herald
Claudio Rojas - cortesia do filme Infltrators ao Miami Herald

O imigrante indocumentado Claudio Rojas é um dos personagens do documentário ‘The Infiltrators’, que será exibido no Miami Film Festival esta semana e relata o dia-a-dia na prisão do U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) no Sul da Flórida. Claudio já havia sido preso em 2012 e foi detido novamente na quarta-feira (28) e deve ser deportado o quanto antes, de acordo com seus advogados.

Ele está preso no Krome Detention Center localizado em Miami-Dade. “Eles chamaram pelo nome de Cláudio e o prenderam, mesmo que ele não tenha passagem pela polícia. Eles não nos deixaram ter acesso ao processo e levaram seu passaporte. Os agentes se limitaram a informar que não há mais nada a ser falado. É grotesco”, disse a advogada de Claudio, Sandy Pineda, que afirma que a prisão dele veio de ordens ‘superiores’.

Claudio, de 53 anos, é morador de Miramar (FL), casado, pai de dois filhos e acaba de se tornar avô. O imigrante é argentino e ativista imigratório e foi preso pela primeira vez em 2010 por passar o tempo permitido do visto. Na época, o juiz determinou que ele voltasse voluntariamente para a Argentina, ele se recusou e foi detido novamente em 2012. Rojas tem um visto T pendente – visto de vítimas de tráfico humano -, segundo seus advogados.

Depois de liberado, ele passou a ser um dos principais personagens do documentário. “Eu acredito que tenha sido uma retaliação à sua participação no filme”, afirma a advogada. O documentário mostra a realidade de Claudio dentro do Broward Transitional Center – BTC – na época do governo Obama em 2012. (Com informações do Miami Herald).