Imigrantes representam 17% da força de trabalho dos Estados Unidos

Pesquisa mostrou que, em 2018, o número de estrangeiros integrando a força de trabalho nos EUA superou 28 milhões – ou 17,4% do total

0
2608
Imigrantes que vivem em território americano estão se beneficiando da força da economia do país (Foto: Pixabay)
Imigrantes que vivem em território americano estão se beneficiando da força da economia do país (Foto: Pixabay)

Com a menor taxa de desemprego em quase 50 anos, Os Estados Unidos geraram cerca de 500 mil postos de trabalho entre junho e agosto deste ano, segundo dados da Secretaria de Estatísticas Trabalhistas (Bureau of Labor Statistics). Mas antes que você pense que esta é uma matéria exclusivamente de economia, aqui vai um detalhe: os imigrantes que vivem em território americano estão se beneficiando da força da economia do país.

A pesquisa mostrou que, em 2018, o número de estrangeiros integrando a força de trabalho nos EUA superou 28 milhões – ou 17,4% do total. E esse contexto favorece o profissional brasileiro, cujo perfil criativo e empreendedor é valorizado no mercado. “Os brasileiros fazem sucesso na América, pois estão dispostos a aprender a língua e são comunicativos”, ponderou o especialista André Duek, que analisa o mercado americano há quase dez anos.

As empresas brasileiras também estão empregando mais no território americano, conforme demonstrou o estudo da Apex.