Impostoras se aproveitam de alta do mercado imobiliário para aplicar golpes na Flórida

Cerca de 50 pessoas caíram em um golpe no Sul da FL; mulher foi presa acusada de furtar mais de $300 mil de compradores de imóveis

0
1531
Golpistas se aproveitam para tirar dinheiro de compradores (Foto Lee County Sheriff's Office)

Cerca de 50 pessoas caíram em um golpe imobiliário envolvendo 25 propriedades no condado de Palm Beach, Lee, Port St. Lucie e Indian River, segundo informações da polícia.

Uma mulher identificada como Tabria Anorria Josey, de 20 anos, de Loxahatchee, foi presa por listar imóveis em sites populares como o Craigslist, Zillow e Facebook Marketplace, se passando por proprietária de imóveis de outras pessoas. Ela se dizia corretora de imóveis e falsificava o processo inicial para compra de casas, levando o dinheiro do depósito de dezenas de pessoas. Ela embolsou mais de $300 mil com as fraudes.

“A acusada tirou vantagem do mercado de imóveis, que está aquecido e se aproveitou da boa-fé de compradores e pessoas querendo alugar casas”, disse a procuradora Ashley Moody.

Para parecer verdadeira, Tabria criou uma falsa title company, um site falso de imobiliária, identidade falsa de corretora e endereços de e-mails. O esquema começou em novembro de 2020 e só foi descoberto agora.

Outra suspeita identificada como Kiana Russell, de 22 anos, também foi presa acusada pelo golpe.

Segundo a promotora, as golpistas negociavam por até duas semanas com compradores e, assim que eles depositavam a primeira parte para assegurar o negócio, elas desapareciam.

“É preciso ter cuidado. Quando os imóveis parecem estar com preços muito baixos, fique atento, pode ser golpe. Além disso, não deposite nada sem visitar o local e ter certeza de que a transação é legítima”, diz a promotora.

Vítimas desse tipo de golpe podem fazer denúncias pelo telefone 800-407-4880.