Incêndio mata mais de 60 em área central de Portugal

O incêndio já é considerado uma das maiores tragédias dos últimos 50 anos no país

0
2605
Incêndio em área florestal de Portugal deixa dezenas de mortos
Incêndio em área florestal de Portugal deixa dezenas de mortos

Um incêndio florestal que atinge a área de Pedrógão Grande, na região de Leiria, no centro de Portugal, matou pelo menos 62 pessoas e deixou outras 62 feridas, de acordo com a mídia portuguesa. O incêndio já é considerado uma das maiores tragédias dos últimos 50 anos no país.

Quase 2 mil bombeiros trabalham para combater o fogo. O incêndio já causou 62 mortes, segundo os últimos números da Defesa Civil do país.

O fogo afeta os distritos de Leiria – onde começou o incêndio no sábado (17) e onde se concentram mais meios de combate -, Coimbra e Castelo Branco, todos no centro do país.

Os últimos dados oficiais atualizaram para 62 o número de mortos e 62 o de feridos, dois dos quais permanecem em estado grave.

A causa mais provável do incêndio foi a queda de um raio em uma árvore, segundo disseram fontes da Polícia Judicial à Agência EFE.

Mais da metade das vítimas (30) morreu carbonizada dentro de seus carros na estrada entre Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra, que foi tomada pelo fogo no sábado (17). O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, informou que, entre os feridos, 18 foram levados para hospitais. Quatro bombeiros e uma criança estão em estado grave.