Local Manchete

Indicado por DeSantis, filho de brasileiros é empossado no Conselho Escolar de Broward

Daniel Foganholi, de 36 anos, vai ocupar a cadeira de Rod Velez, que foi barrado pelo governador por ter antecedentes criminais

Daniel Foganholi durante juramente no Broward County School Board (foto: BCSB)

Após ser indicado pelo governador Ron DeSantis para integrar o Conselho Escolar de Broward, o brasileiro-americano Daniel Foganholi, de 36 anos, fez o juramento de posse no cargo nesta quarta-feira (18). Ele vai ocupar a vaga de Rod Velez, que foi escolhido nas urnas pelos eleitores do condado nas eleições de novembro passado, mas não pôde assumir por conta de uma condenação criminal. No dia em que Velez deveria ser empossado, DeSantis declarou seu cargo vago e anunciou imediatamente o nome de Foganholi.

O filho de imigrantes brasileiros acabou de concluir um curto mandato como membro do Conselho Escolar do Distrito 5, de Coral Springs, que ele também assumiu em substituição à titular da cadeira,  dra. Rosalind Osgood, que foi eleita para o Senado estadual da Flórida.

Durante a cerimônia de posse na primavera passada, ele agradeceu a seus pais por migrarem para os Estados Unidos. “Meus pais vieram do Brasil para cá com o sonho de fazer um futuro melhor para nossa família, para mim, para minha irmã”, disse ele. “Eles vieram para os EUA em busca de oportunidades – e é assim que a oportunidade se parece, é assim que o sonho americano se parece”, disse ele na ocasião. 

Daniel Foganhol também é Diretor de Parcerias Estratégicas da Brazilian American Coalition e , segundo o site do governo estadual, é um membro ativo de sua igreja e oferece seu tempo como voluntário em instituições humanitárias de Broward e Miami-Dade. Ele também é formado em marketing e gestão de negócios pela Florida Atlantic University.

Baixe nosso aplicativo