Influencer de Miami é presa por fraudar sistema de auxílio covid-19 para ter vida de luxo

Danielle Miller foi acusada de utilizar documentação falsa para obter empréstimos destinados aos pequenos negócios afetados pela pandemia de covid-19. Ela pode pegar até 20 anos de prisão

0
4075
Influenciadora ostentava vida luxuosa com seus seguidores no Instagram (foto: Instagram)

A influenciadora digital Danielle Miller, de 31 anos, foi presa na última semana por estelionato e fraude contra o  sistema do Small Business Administration’s (SBA).

Segundo a acusação, Miller usou o dinheiro que seria destinado a auxiliar pequenos negócios afetados pela pandemia de covid-19 para bancar viagens de jatinho e estadias em hotéis de luxo. 

Para acessar os recursos do programa federal, a mulher que nasceu e mora em Miami teria usado dados de uma residente de Massachusetts para se candidatar a um empréstimo de $900 mil.

As autoridades ainda apontam que a influenciadora postou fotos no Instagram em hotéis que chegam a custar  $ 5,5 mil a diária e alugou um jatinho para viajar da Flórida para a Califórnia.

Se a influenciadora for condenada, ela pode pegar até 20 anos de prisão, três anos de liberdade supervisionada, e deverá pagar uma multa de $ 250 mil.

Somente no estado da Flórida já foram recuperados cerca de $52 milhões de golpes contra os recursos do auxílio às pequenas empresas.