Infraestrutura: governo brasileiro anuncia fusão de estatais e cria a Infra S/A

Valec e EPL dependem de recursos do Tesouro Nacional e unificação pode gerar economia de R$ 90 milhões por ano; Atualmente, a União controla 46 estatais

0
154
Trecho da Ferrovia Norte-Sul (Foto: Divulgação/Valec)
Trecho da Ferrovia Norte-Sul (Foto: Divulgação/Valec)

O governo brasileiro decidiu, na quarta-feira (25), unificar a Valec, estatal que administra as ferrovias do país, e a Empresa de Planejamento e Logística (EPL). A nova empresa, Infra S/A, será responsável pelo planejamento e estruturação de projetos para o setor de transportes.

A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial e, segundo o governo, a unificação das duas estatais pode gerar economia de R$ 90 milhões por ano. A previsão é o processo durar 180 dias.

A Valec é a estatal responsável pela administração e construção das ferrovias. A EPL, criada inicialmente para implementar o projeto do “trem-bala”, hoje atua com estudos e projetos de concessões de infraestrutura e na elaboração do Plano Nacional de Logística.

As duas empresas são estatais dependentes da União, ou seja, recebem, anualmente, subsídio do Tesouro Nacional para pagar parte das contas, pois as receitas são insuficientes para cobrir os gastos.