Jovem brasileiro leva tiro na cabeça e família pede ajuda da comunidade para despesas hospitalares

João Pedro estava na companhia da namorada e de amigos em Chicago, quando o carro em que estavam foi atingido por oito tiros; jovem está internado em estado grave

0
5239
João Pedro está internado em estado grave em hospital de Chicago
João Pedro está internado em estado grave em hospital de Chicago

Na segunda-feira (27), João Pedro Marchezani completou 23 anos, mas ele não pôde comemorar a data. Ele está em estado grave na cama de um hospital em Chicago (IL), depois de ter levado um tiro na cabeça no dia 4 de setembro. João Pedro está sedado e seu estado de saúde é considerado crítico pelos médicos.  

A mãe do jovem, Mônica Marchezani, em entrevista ao AcheiUSA, disse que o filho estava muito feliz, pois tinha acabado de se mudar para um apartamento onde ia morar com a namorada em Chicago. Ele saiu com a namorada e alguns amigos para comemorar e a tragédia aconteceu no caminho para um bar.

“João Pedro, a namorada e os amigos estavam em um mesmo carro e, no caminho para um bar, o amigo dele que dirigia o carro percebeu que havia uma motocicleta seguindo o veículo. Ele disse que o homem estava armado e decidiu fechar a moto. Pouco tempo depois, o motociclista voltou com outro companheiro em uma segunda moto e atirou oito vezes contra o carro em que meu filho estava e ele foi atingido na cabeça”, conta Mônica.

A polícia trabalha com duas linhas de investigação: tentativa de assalto e briga de trânsito. Os demais ocupantes do veículo não foram feridos. O brasileiro foi socorrido rapidamente pela equipe de emergência e levado para o hospital.

O jovem, que estuda robótica na McHenry County College (MCC) em Chicago, ainda está em situação delicada. Muito amado por todos, João Pedro é um jovem alegre, inteligente e adora cozinhar. Fã do rapper americano Travis Scott, o jovem tem três tatuagens em homenagem ao ídolo. “Foram as piores horas das nossas vidas, chegamos no hospital, um capelão esperava por nós, ainda não sabíamos o real estado do nosso filho. Fomos recebidos pelo médico, que foi muito atencioso e humano, nos explicou sobre a lesão sofrida, pediu autorização para colocação de um dreno na cabeça do nosso filho, pois, o cérebro estava muito inchado, mas apenas o dreno não foi suficiente, ele precisou passar por uma cirurgia complexa”, explica a mãe, que tem outros três filhos.

A família é de São Paulo e mora nos EUA há quatro anos. Mônica e o marido se mudaram recentemente para Cleveland, Ohio, e o jovem ficou em Chicago para estudar. “Ainda não é fácil falar sobre esse assunto, mas nós acreditamos que quanto mais pessoas rezarem, orarem e enviarem pensamento positivos para o nosso filho, mais ele continuará melhorando e nós nos fortalecemos”.

Segundo a família, os médicos que atenderam o jovem disseram que dificilmente uma pessoa sobrevive a um trauma dessa magnitude. “Mas nosso menino é um guerreiro e luta pela vida, ele recebe elogios todos os dias por sua força”.

Ajuda para despesas médicas

Com objetivo de ajudar a família de João Pedro a custear as despesas hospitalares, um amigo criou uma página no GoFundMe.

“Em nome do João Pedro eu agradeço por suas orações, bons fluídos, boa energia e pensamentos positivos”. Para colaborar, clique aqui.