Juiz nega revisão de fiança do youtuber ‘Malandragem USA’ e ele continua preso

Nova audiência foi marcada para o dia 9 de maio; o brasileiro está preso desde o início de fevereiro

0
6622
Danilo foi preso em Massachusetts
Danilo foi preso em Massachusetts

O brasileiro Danilo Portugal Ramscheid, mais conhecido como ‘Malandragem USA”, perdeu mais uma batalha na Justiça de Massachusetts. O juiz Lawrence Pierce negou a revisão da fiança fixada em $1 milhão – que ele poderia pagar 10% – e ele segue preso. Uma nova audiência foi marcada para o dia 9 de maio. As informações são do blog Mundo Yes.

De acordo com informações do advogado Danilo J. Brack, além da audiência do dia 9 de maio, ‘Malandragem USA’ terá uma final trial conference no dia 11 de julho e vai passar por julgamento no dia 23 de julho. “O ‘brasileiro é passível de deportação desde o dia em que ficou ilegal nos Estados Unidos. A Corte está prosseguindo com caso dele com a intenção de posteriormente entregá-lo para a Imigração, que pode indicia-lo simultaneamente ou esperar pelo fim do caso criminal”, afirma o advogado Brack.

Danilo Portugal Ramscheid é defendido pela advogada do Estado Cheryl C. McGillivray. Ele enfrenta acusações de estupro e agressão sexual em uma festa na sua residência em Winchester, Massachusetts, no dia 12 de janeiro, contra uma menor de idade, além de violação do seu status imigratório, razão pela qual está preso na Plymouth County Correctional Facility.

Entenda o caso

Danilo Ramscheid foi preso no dia 4 de fevereiro, após a polícia resolver investigar mais a fundo a realização de uma festa ocorrida em sua casa em Winchester, Massachusetts, janeiro.

Em 22 de janeiro, obedecendo a um mandado de busca, os policiais retornaram ao local onde ocorreu a festa e encontraram um vídeo de Ramscheid fazendo sexo com a adolescente de 17 anos na mesma noite da festa, em 12 de janeiro. A vítima não tinha conhecimento da gravação, conforme documentos apresentados no tribunal. Os agentes obtiveram o mandado de busca tendo como base investigações preliminares e conversas com fontes confidenciais que denunciaram os eventos que ocorreram durante a festa.

Danilo foi preso e acusado de “posar e exibir uma criança em ato sexual, fotografar sem autorização uma pessoa nua e posse de pornografia infantil”, detalhou o Chefe Peter McDonnell, do Departamento de Polícia de Winchester.

Além disso, os policiais descobriram pelo menos 26 carros registrados no nome do brasileiro, que em seu canal no Youtube incentivava imigrantes a virem para os EUA sem documentos. Ele também é acusado por testemunhas de ‘vender’ em seus vídeos uma realidade que não existe.