Juíza ameaça impedir Carnival Cruise Line de atracar navios nos Estados Unidos

Empresa estaria descumprindo acordo e continua a despejar óleo e lixo no mar

0
2328
O navio Carnival Breeze, da operadora de cruzeiros Carnival
O navio Carnival Breeze, da operadora de cruzeiros Carnival

Uma juíza ameaçou esta semana de impedir os navios da Carnival Cruise Line de estacionar em portos dos Estados Unidos. Segundo a juíza federal Patricia Seitz, a empresa vem descumprindo um acordo feito de parar de lançar lixo e óleo no mar. Em 2017, a empresa já foi multada em $40 milhões por lançar rejeitos nas águas e falsificar laudos ambientais.

A juíza afirmou que vai tomar a decisão final em junho, quando os executivos da Carnival, empresa com sede em Miami, têm uma nova audiência.

“As pessoas no topo dessa empresa estão tratando esse processo como nada”, disse Seitz. “Se eu pudesse, daria a todos os membros do comitê executivo uma visita ao centro de detenção por alguns dias. É incrível como isso ajuda as pessoas a se concentrarem na realidade”, comentou a magistrada.

A empresa é acusada de lançar além de óleo, plástico e lixo no Alaska’s Glacier Bay National Park e em outros portos.

A Carnival respondeu e disse que “a responsabilidade ambiental da empresa sempre foi e sempre vai ser prioridade na companhia”. (Com informações da AP)