Juízes de imigração negaram 85% dos processos de asilo na Flórida este ano

Número de negativas é o maior em 18 anos; em todo o território americano, 65% dos processos de asilo foram negados em 2018, o mais alto desde 2001

0
2153
EUA estão negando número recorde de asilo
EUA estão negando número recorde de asilo

Juízes de Imigração em Miami rejeitaram 86% dos processos de asilo político de imigrantes que tentam escapar da violência em seus países. Em Orlando, esse número chega a 85% de processos negados no ano fiscal de 2018, que acabou no dia 30 de setembro. Esse número é o maior em 18 anos, de acordo com estudo da Transactional Records Access Clearinghouse.

“Geralmente, o processo de asilo não é fácil de se ganhar”, disse a advogada de imigração Jessica Shulruff, ao Sunsentinel. O processo pode levar anos e, este ano, os números refletem a política imigratória do presidente Trump, que já demonstrou a insatisfação com refugiados e solicitantes de asilo político.

O asilo político é uma proteção dada a estrangeiros que por medo ou por terem sofrido algum tipo de violência ou ameaça em seus países de origem, buscam a legalização em um País considerado seguro. Os solicitantes têm permissão para aguardar o processo dentro dos Estados Unidos.

Os tribunais de Imigração em Miami e Orlando têm concedido um número cada vez menor de asilo, números bem abaixo de outros estados americanos. Em todo o território americano, 65% dos processos de asilo foram negados em 2018, o mais alto desde 2001.

Para que um processo de asilo chegue até um juiz de Imigração, os solicitantes já tiveram o processo negado pelo U.S. Citizenship and Immigration Services (USCIS) e apelaram para a Corte ou foram presos por alguma razão.

Em junho, o ex procurador-geral Jeff Sessions baixou uma norma dizendo que vítimas de gangues ou de violência doméstica não são razões para buscar asilo. O presidente Trump também barrou a entrada de imigrantes ilegais pela fronteira buscando asilo e a ordem foi barrada por um juiz federal. (Com informações do Sunsentinel).