Líderes Democratas comemoram proposta de Trump para auxílio-covid

Presidente ameaçou não assinar pacote de ajuda se o valor não aumentar de $600 para $2 mil, valor também proposto inicialmente pelos Democratas, mas bloqueado pelos Republicanos

0
1401
Nancy Pelosi D-CA), Speaker of The House (Foto: Kevin-Lamarque/Reuters)

Depois que o presidente Donald Trump disse que provavelmente não vai assinar o pacote de ajuda econômica contra covid-19, aprovado no Congresso, porque quer aumentar os cheques-ajuda de $600 para $2 mil, lideranças Democratas se mobilizaram a favor da proposta do presidente e o partido está pronto para colocar a proposta em votação na quinta-feira.

“Sr. presidente, assine o pacote para manter o governo funcionando! E demande [aos líderes Republicanos] que concordem com a decisão unânime pelos $2 mil em pagamentos diretos”, disse Nancy Pelosi (D-CA) pelo Twitter na manhã de quarta-feira (23).

Outra liderança Democrata, a deputada Alexandria Ocasio-Cortez (S-NY), também manifestou pelo Twitter seu apoio.

O valor de $2 mil era defendido pelos Democratas desde o início do debate, mas os Republicanos bloquearam o valor no acordo bipartidário.