Líderes tropeçam na rodada

0
177
O goleiro Cassio está em boa fase no Corinthians, assim como o time (Foto: Rodrigo Coca/Corinthians)
O goleiro Cassio está em boa fase no Corinthians, assim como o time (Foto: Rodrigo Coca/Corinthians)

Desfalcados com a ausência dos convocados para seleções da América do Sul nas datas Fifa, Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras tiveram resultados decepcionantes, mas ainda figuram no topo da tabela do Brasileirão. A única alteração foi a troca de posições entre Flamengo, agora vice-líder, e Palmeiras que caiu para 3º lugar.

Quem se deu bem na rodada foram Fortaleza, que derrotou o Fluminense em pleno Maracanã, e o Corinthians, que bateu o Bahia na Neo Química Arena. Ainda faltam 14 rodadas para o encerramento do Campeonato Brasileiro, porém, dificilmente o Galo deixará de ser o campeão, quebrando um jejum de 50 anos. O time tem uma vantagem de 11 pontos sobre os principais seguidores – Flamengo, Palmeiras e Fortaleza, embora o Rubro-Negro carioca tenha dois jogos a menos e o time da capital cearense tenha um jogo a mais.

Vamos analisar a 24ª rodada que começou na terça-feira (5) com a vitória do Cortinthians sobre o Bahia e terminou na quinta-feira (7) com o clássico São Paulo x Santos. Infelizmente não temos como informar o resultado porque a partida foi realizada à noite, depois do fechamento desta edição. Entretanto, uma coisa é certa. O clássico San-São era de fundamental importância para os dois grandes clubes paulistas, ameaçados pelo fantasma do rebaixamento.

Corinthians x Bahia

Depois de quase dois anos longe, o retorno valeu a pena. Os mais de 10 mil torcedores que foram à Neo Química Arena na noite desta terça-feira ganharam um belo presente do Corinthians, que venceu o Bahia por 3 a 1, de virada, e entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro no início desta 24ª rodada, posição perdida com a vitória do Fortaleza. O Tricolor baiano abriu o placar com Gilberto, de pênalti, mas o Timão, agora empurrado pela Fiel em Itaquera, criou muitas chances e virou com Róger Guedes, também de pênalti, Cantillo e Jô. Com a força extra nos jogos em casa, o time de Sylvinho volta a se colocar como candidato a uma das vagas diretas na fase de grupos da próxima Libertadores.

Depois de 586 dias, os torcedores do Corinthians puderam apoiar a equipe nas arquibancadas da Neo Química Arena. O público foi de 10.470 pagantes, com muita festa, mas também imagens de aglomeração e pessoas sem máscaras – contrariando as recomendações do clube.

Depois de 586 dias, os torcedores do Corinthians puderam apoiar a equipe nas arquibancadas da Neo Química Arena. O público foi de 10.470 pagantes, com muita festa, mas também imagens de aglomeração e pessoas sem máscaras – contrariando as recomendações do clube.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado (9), pela 25ª rodada do Brasileirão. O Corinthians visita o Sport na Arena Pernambuco, enquanto o Bahia vai à Arena da Baixada enfrentar o Athletico-PR.

Líder x lanterna não tem vencedor

Dylan Borrero vibra com seu gol marcado contra a Chapecoense (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)
Dylan Borrero vibra com seu gol marcado contra a Chapecoense (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

O confronto entre os times que ocupam os extremos da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro terminou empatado. O líder Atlético-MG sofreu diante da lanterna Chapecoense, abriu o placar, tomou a virada, mas arrancou o empate por 2 a 2 na noite desta quarta-feira, na Arena Condá, pela 24ª rodada. Desfalcado de alguns principais jogadores, o Galo abriu o placar com o colombiano Dylan Borrero, porém, o Verdão do Oeste empatou ainda no primeiro tempo com Geuvânio. Na etapa final, Mike virou o placar para o time catarinense, mas Sasha voltou a igualar para os mineiros.

O empate em Chapecó deixa o Atlético-MG com 50 pontos e na liderança e a Chape, com 12 pontos, permanece na lanterna da Série A.

A Chapecoense volta a campo no domingo (10) contra o Internacional, em Porto Alegre. O Atlético-MG joga no sábado (9) contra o Ceará, no Mineirão. As partidas são válidas pela 25ª rodada.

Empate insosso

Em um jogo com poucas chances de gol, Ceará e Inter terminaram a partida que marcou o retorno do torcedor ao Castelão em um empate sem gols. Embalado pela torcida nas arquibancadas, o Vozão cresceu de rendimento no segundo tempo e só não marcou por causa de bela defesa de Daniel em cabeceio de Cléber. Apesar do domínio adversário, a postura mais defensiva da equipe de Diego Aguirre tirou a velocidade da partida e garantiu o empate em um jogo sem muitas emoções para as torcidas.

Com 29 pontos, o Ceará está agora na 13ª colocação, enquanto o Inter caiu para o oitavo lugar, com 33.

O Ceará vai ao Mineirão no próximo sábado (9) para enfrentar o Atlético-MG, pela 25ª rodada do Brasileirão. O Inter terá o reencontro com seu torcedor no Beira-Rio neste domingo (10) contra a Chapecoense.

Sport esboça reação no Campeonato

Jogadores do Sport Club do Recife vibram com a abertura do placar (Foto: Anderson Stevens/Sport)
Jogadores do Sport Club do Recife vibram com a abertura do placar (Foto: Anderson Stevens/Sport)

Na volta da torcida à Arena Pernambuco, o Sport venceu o Juventude por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, pela 24ª rodada do Brasileirão. O grande destaque da partida foi o volante Zé Welison, responsável por marcar o primeiro gol e dar a assistência para Mikael fazer o segundo. Além deles, o zagueiro Chico anotou para os mandantes. Já na reta final, de pênalti, Paulinho Boia descontou para o Alviverde.

Com a vitória, o Sport chegou ao segundo triunfo seguido na competição e soma, no momento, 23 pontos. Mesmo com o resultado positivo, o Leão segue na zona de rebaixamento, mas subiu para a 18ª colocação. Já o time de Caxias permanece em 15º, com 27.

Na próxima rodada, o Sport volta a atuar na Arena Pernambuco. No sábado, o clube enfrenta o Corinthians. Já o Juventude encarará o América-MG, no Alfredo Jaconi, também no sábado (9).

No duelo dos Rubro-Negros, melhor para o do Paraná

No reencontro entre Atlético-GO e sua torcida, o Athletico-PR não quis saber de gentileza. A equipe parananese venceu por 2 a 0 na estreia do técnico Alberto Valentim, estragou a festa do Dragão e se reabilitou na Série A após derrota contundente para o Flamengo no fim de semana. Marcinho e Terans marcaram no estádio Antônio Accioly e garantiram a vitória dos visitantes, em duelo pela 24ª rodada da do torneio.

O Athletico-PR vai chegando aos 33 pontos e pulando para a sétima posição. O Dragão caiu para o 10º lugar, com 30. Os dois clubes voltam a campo no sábado (9): o Dragão visita o Fluminense, no Maracanã, enquanto o Furacão recebe o Bahia, na Arena.

Flamengo emperra em Bragança Paulista

Artur foi autor de um golaço no empate com o Flamengo em casa (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)
Artur foi autor de um golaço no empate com o Flamengo em casa (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

Bragantino e Flamengo ficaram no empate em 1 a 1 na noite desta quarta-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O resultado não foi bom para nenhuma das duas equipes, que não conseguiram melhorar suas situações no Campeonato Brasileiro. Pedro abriu o placar para o time carioca, e Artur deixou tudo igual.

Com o empate do Atlético-MG com a Chapecoense, o Flamengo tinha a chance de diminuir a diferença para o Galo para nove pontos – considerando os dois jogos a menos, seria uma distância de três pontos perdidos. Sem a vitória, o time carioca assumiu a segunda terceira osição, com 39 pontos, contra 50 do Atlético.

O Bragantino está em sexto lugar, com 35 pontos, mas já acumula seis partidas sem vencer no Campeonato Brasileiro.

Bragantino e Flamengo voltam a campo no sábado. O Massa Bruta pega o Palmeiras fora de casa, enquanto os cariocas viajam ao Ceará para encarar o Fortaleza.

Coelho vence Palmeiras pela primeira vez no Brasileirão

O América-MG confirmou seu bom momento no Campeonato Brasileiro ao vencer o então vice-líder Palmeiras por 2 a 1, de virada, na noite desta quarta-feira, em jogo da 24ª rodada que marcou a volta da torcida do Coelho ao Estádio Independência. Num duelo quente, cheio de chances dos dois lados e com marcações polêmicas da arbitragem de Leandro Vuaden, o Verdão abriu o placar com Rony, no primeiro tempo, viu o América perder um pênalti com Felipe Azevedo, mas mesmo assim manter a cabeça no lugar e buscar a virada com gols de Patric (um golaço, inclusive) e Ademir, este também de pênalti, já nos acréscimos. Bom para o líder Atlético-MG, que, mesmo tropeçando contra a Chapecoense, abre agora 11 pontos sobre os paulistas, que caem para terceiro lugar. Já o Coelho aumenta sua série invicta no Brasileirão para sete jogos.

A vitória leva o América-MG ao décimo lugar, com 30 pontos, mais distante da zona de rebaixamento e começando a sonhar com objetivos maiores. Já o Palmeiras permanece com 39 e cai para terceiro lugar, perdendo para o agora vice-líder Flamengo no saldo de gols.

Os dois times voltam a campo no fim de semana pela 25ª rodada do Brasileirão. O Palmeiras recebe o Red Bull Bragantino no sábado, no Allianz Parque. No mesmo dia, o América-MG visita o Juventude no Alfredo Jaconi.

Flu decepciona e sai vaiado de campo

Fred protagonizou uma cena bizarra ao tentar levantar um jogador do Fortaleza (Foto: Fluminense)
Fred protagonizou uma cena bizarra ao tentar levantar um jogador do Fortaleza (Foto: Fluminense)

No jogo em que marcou o reencontro da torcida com o Fluminense após 577 dias, o Fortaleza foi quem fez a festa no Maracanã. Com dois gols de cabeça no segundo tempo, um de Marcelo Benevenuto e outro de Titi, ambos em cobranças de escanteios de Lucas Crispim, o Leão venceu por 2 a 0 em confronto válido pela 24ª rodada do Brasileirão e se manteve no G-4.

A partida marcou o retorno da torcida do Fluminense ao Maracanã. O confronto contou com 3.187 pagantes, 3.231 presentes e uma renda de R$ 99.632,50. Mas a torcida tricolor não gostou do que viu e vaiou o time em boa parte do segundo tempo. Um dos maiores alvos foi o lateral Danilo Barcelos.

Com a vitória, o Fortaleza chega aos 39 pontos e se mantém no G-4 da Série A com a mesma pontuação que o Palmeiras, terceiro colocado, e o Flamengo, segundo colocado graças aos critérios de desempate. Com os mesmos 32, o Fluminense perde a chance de se aproximar das primeiras posições e é o nono no Brasileirão.

No próximo sábado, o Fluminense recebe o Atlético-GO no Maracanã. No mesmo dia, o Fortaleza enfrenta o Flamengo no Castelão. Os dois jogos são válidos pela 25ª rodada do Brasileirão.

E o calvário do Grêmio continua

Alisson marcou dois gols e salvou o Grêmio de mais um vexame no Brasileirão (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
Alisson marcou dois gols e salvou o Grêmio de mais um vexame no Brasileirão (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

A saga do Grêmio para fugir do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro teve mais um capítulo negativo na noite desta quarta-feira, na Arena. A equipe de Luiz Felipe Scolari ficou atrás no placar duas vezes diante do Cuiabá, em jogo válido pela 24ª rodada da Série A, mas contou com o brilho de Alisson, que marcou dois gols, para empatar em 2 a 2. Max e Marllon marcaram para o Dourado, que segue no meio da tabela.

O Grêmio perde a quarta oportunidade de sair da zona de rebaixamento, mas subiu para a 17ª posição, com 23 pontos. O Cuiabá cai um posto na tabela, agora em 12º, com 30.

No próximo domingo, o Grêmio faz o jogo dos desesperados contra o Santos, na Vila Belmiro. O Cuiabá fecha a 25ª rodada na segunda-feira contra o São Paulo na Arena Pantanal.

Seleção Brasileira tem maratona nas Eliminatórias da Conmebol

Douglas Luis foi convocado para substituir Casemiro na Seleção Brasileira (Foto: IstoÉ)
Douglas Luis foi convocado para substituir Casemiro na Seleção Brasileira (Foto: IstoÉ)

Com 24 jogadores à disposição – Casemiro teve de ser desconvocado e Douglas Luis foi chamado para o seu lugar – o técnico Tite enfrentou a seleção da Venezuela em Caracas na quinta-feira (7).

No último treino, a comissão técnica treinou os convocados. O primeiro grupo a receber as orientações era formado por Weverton (Ederson), Emerson, Lucas Veríssimo, Eder Militão e Alex Sandro; Fred, Edenílson, Antony e Raphinha; Vinicius Junior e Arthur Cabral. Na sequência, os escalados foram Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana; Fabinho, Gerson, Lucas Paquetá e Everton Ribeiro; Gabriel Jesus e Gabi. Neymar Jr., suspenso da partida contra a Venezuela, não participou desta atividade.

Após as movimentações ofensivas e defensivas, as duas equipes também trabalharam as bolas paradas. Antes disso, os jogadores haviam participado de um treinamento de posse de bola, inclusive com a participação dos goleiros como jogadores de linha. A atividade desta tarde terminou com finalizações a gol.

Na sequência do confronto com a Venezuela, a Seleção Brasileira tem pela frente Colômbia e Uruguai. A partida contra os colombianos será no domingo (10), em Barranquilla, às 18h (Brasília), enquanto o duelo com os uruguaios está marcado para as 21h30 (Brasília) do dia 14, em Manaus.