Linha férrea entre Miami e Orlando começa a ganhar forma

Virgin obteve sinal verde final para a construção da estação de Boca Raton

0
2434
A viagem levará pouco mais de três horas (Foto: Divulgação – Virgin Trains)
A viagem levará pouco mais de três horas (Foto: Divulgação – Virgin Trains)

A construção da linha ferroviária de alta velocidade que vai ligar Miami a Orlando está a pleno vapor. Esta semana saiu a aprovação final da estação de Boca Raton, que deverá ficar pronta no final de 2020. No momento, estão em andamento as obras para 30 conexões em um trecho de 55 quilômetros entre Cocoa e Orlando, quando os trens poderão ir mais rápido, a 250 milhas por hora. Já entre West Palm Beach e Cocoa a velocidade ficará em 110 milhas por hora, de acordo com as informações do Orlando Sentinel.

A construção total da linha férrea levará cerca de dois anos. É necessário, porém, mais quase um ano para testar e garantir a sustentação dos trilhos para altas velocidades, elevando o tempo total de conclusão para quase três anos. Ou seja, deverá entrar em funcionamento no final de 2022. A viagem de ponta a ponta nestes trens de alta veloidade levará três horas e 15 minutos, com um custo inicial de $ 60 e um custo médio de $ 100.

A expectativa é que num primeiro momento transporte três milhões de passageiros, atingindo até seis milhões. O investimento total da companhia Virgin Trains é de cerca de $ 4 bilhões e existe o interesse da expansão do trajeto até Tampa. Esta será a primeira linha ferroviária privada de passageiros construída nos Estados Unidos em mais de 100 anos.