Luiza Helena Trajano aponta ambiente favorável para empreendedoras no Sul da Flórida

Empresária e líder do Grupo Mulheres do Brasil, Trajano está em Miami para fomentar o empreendedorismo feminino na região.

0
610
Luiza Trajano com Paola Tucunduva, Solange Gomes e Luciana Lewis. Fotos: Demetrius Borges

Luiza Helena Trajano, conhecida por sua trajetória de sucesso à frente do Magazine Luiza, desembarcou em Miami no último final de semana para uma série de eventos junto ao Grupo Mulheres do Brasil (GMB), do qual a empresária é líder. Em coletiva de imprensa, na segunda-feira (05), Trajano demonstrou entusiasmo com o ambiente de negócios no Sul da Flórida. “Sempre gostei muito de Miami, mas fazia cerca de cinco anos que eu não vinha à cidade”, contou. “Estou encantada! É impressionante o tanto que a região se desenvolveu nos últimos anos! Talvez vocês que moram aqui não percebam tanto”, comentou. “Miami é hoje um pólo de tecnologia, até porque o governo facilitou, coisa que não está acontecendo em outros lugares”, disse.

Ao lado das líderes do núcleo do Sul da Flórida, Paola Tucunduva, Solange Gomes e Luciana Lewis, Trajano vem fomentar o empreendedorismo feminino na região através de uma série de iniciativas, entre elas o Liga Empreendedora, programa de mentoria que visa capacitar empreendedoras locais com, pelo menos, um ano de atuação em sua área. As inscrições para participar da seleção vai até o dia 16 de setembro, no site do grupo linktr.ee/GMBsulflorida.

Durante a coletiva, Trajano destacou o espírito empreendedor da mulher brasileira, tanto em seu país quanto no exterior. “O Brasil tem perfil de startup, assim como a Flórida. É um jeito de empreender que prioriza a ação mais do que a teoria”, comentou. Segundo definição do Sebrae, instituição que também conta com a mentoria voluntária de Luiza Trajano, “startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza”. Vem daí o esforço do GMB em apoiar brasileiras iniciando negócios nos EUA. “Eu defino empreendedorismo como solução, especialmente nesse momento pós-covid, onde precisamos encontrar saídas para o desemprego que abateu o Brasil e o mundo”, comentou.

Luiza Helena Trajano na coletiva de imprensa do Grupo Mulheres do Brasil no Sul da Flórida

A empresária, que viajou com uma comitiva de 35 pessoas do Brasil, incluindo representantes da favela de Heliópolis, em São Paulo, falou também de representatividade e igualdade racial, pilares do Grupo Mulheres do Brasil. “Fui muito criticada quando criei o programa de trainee para negros no Magazine Luiza. Quiseram me cancelar, chamaram de racismo reverso. Eu não me importo! Farei sempre o que estiver ao meu alcance para acabar com qualquer tipo de injustiça”, disse. Sobre a diversidade em Miami, Trajano comentou: “Nós fomos à bons restaurantes e vimos muitos negros frequentando, não apenas servindo. Fiquei tão feliz! Ontem, andando no shopping com as meninas do grupo, quase choramos de emoção percebendo negros ocupando esses espaços com tanta dignidade”, disse.

Luiza Helena Trajano estará no palco do The Broward Center for the Performing Arts, em Fort Lauderdale, nesta quarta-feira (07), a partir das 10am, ao lado das líderes do Grupo Mulheres do Brasil no Sul da Flórida, para divulgar os principais programas da organização na região. O evento, com capacidade para 700 pessoas, está com ingressos esgotados. Apoiador oficial do evento, o AcheiUSA traz a cobertura completa da visita de Luiza Helena Trajano em sua edição impressa, disponível na próxima sexta-feira (09).

Veja fotos da coletiva de imprensa e coquetel de boas vindas para Luiza Helena Trajano aqui.

Veja fotos do almoço do Grupo Mulheres do Brasil com Luiza Helena Trajano aqui.

Veja fotos do lançamento oficial do Grupo Mulheres do Brasil aqui.