Lula x Bolsonaro: brasileiros decidem neste domingo quem será o próximo presidente

Expectativa é de que o eleitorado no exterior repita a alta participação do primeiro turno; pesquisas projetam provável vitória de Luís Inácio Lula da Silva

0
650
Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva se enfrentam em uma das disputas mais acirradas desde a democratização do Brasil (Foto: Reprodução/The Guardian)
Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva se enfrentam em uma das disputas mais acirradas desde a democratização do Brasil (Foto: Reprodução/The Guardian)

Brasileiros que moram no Brasil e no exterior voltarão às urnas neste domingo (30) para o segundo turno da eleição presidencial.  Como ocorreu na primeira votação, as sessões eleitorais vão funcionar das 8 am às 5pm, no horário local. A apuração das urnas começa logo após as 5pm, e a expectativa é de que por volta das 9pm o Brasil já conheça seu futuro presidente.

A última pesquisa Data Folha divulgada nesta quinta-feira (27), mostra o candidato do Partido dos Trabalhadores, Luís Inácio Lula da Silva, com 49% das intenções de votos, contra 43% do atual presidente. No primeiro turno, Lula recebeu a preferência de 57.256.053 eleitores, ou 48,43% do total de votos válidos (quando são descontados os brancos e nulos), enquanto Bolsonaro obteve 51.070.958, ou 43,20%. A diferença em favor do petista foi de quase 6,19 milhões, ou 5,23% a mais que seu oponente.

O ex-presidente também venceu entre o eleitorado que mora fora do Brasil, com 47.5%. Nos EUA, entretanto, Bolsonaro levou a melhor em cinco dos oito colégios eleitorais:  Miami, Boston, Atlanta, Houston e New York. Lula ganhou em Chicago, Los Angeles e Washington, D.C.

Até o momento, não houve nenhuma mudança nos endereços das sessões eleitorais, permanecendo os mesmos do primeiro turno. A previsão é de que os brasileiros repitam a alta participação registrada no último dia 2.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostraram filas que davam voltas em quarteirões. Em Miami, que tem mais de 40 mil eleitores cadastrados, o tempo de espera chegou a quatro horas. A eleitora Isa Ribeiro contou que desistiu após passar duas horas praticamente sem avanços em direção à urna. “Tinha que trabalhar”, disse ela.

A demora, entretanto, não deve afastar os eleitores e a expectativa é novamente de sessões lotadas. “Já recusei trabalho porque quero garantir meu voto. Espero das 8 às 5 se for preciso”, afirmou Isa aos AcheiUSA.

 Para assegurar o voto, os eleitores devem comparecer à sessão portando qualquer documento de identificação brasileiro, expirado ou não. As únicas exceções são para certidões de casamento e de nascimento, que não serão aceitas.

No dia da eleição é vedada a aglomeração de pessoas com vestuário padronizado de propaganda eleitoral, bem como a chamada “boca de urna”. É permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor ou eleitora.

Confira locais de votação nos Estados Unidos:

Miami: Miami Dade College, Kendall Campus – 11011 SW 104th St, Miami – FL 33176.

Orlando: Valencia College West Campus – Special Events Center – 1800 S Kirkman Rd, Orlando – FL 32811

Massachusetts, New Hampshire, Maine e Vermont: Salemwood School – 529 Salem Street, Malden MA 02148;

Framingham, Hyannis e Stoughton, no estado de Massachusetts: Igreja Saint Tarcisius de Framingham – 562 Waverly Street, Framingham MA 01702.

Califórnia, Nevada, Arizona ou Havaí: Consulado-Geral do Brasil em Los Angeles – 8484 Wilshire Blvd #300, Beverly Hills, CA 90211

Montana, Idaho, Wyoming e Utah: Lumos Language School – 220 East 3900 South, Salt Lake City, UT 84107

Atlanta (GA): Associação Latino Americana – 2750 Buford Highway NE, Atlanta GA, 30324

New York: Cathedral High School – 350 E 56th Street, Midtown, Manhattan

Texas: Norris Conference Centers – 816 Town and Country Blvd Suite 210, Houston, TX 77024