Mãe vegana da Flórida pega prisão perpétua por matar filho de fome

O marido dela pemanece na prisão enquanto aguarda julgamento

0
2418
Sheila O'Leary, 38, cuja família seguia uma dieta vegana rigorosa, foi condenada em junho por seis acusações (Foto: nbc.news)
Sheila O'Leary, 38, cuja família seguia uma dieta vegana rigorosa, foi condenada em junho por seis acusações (Foto: nbc.news)

Uma mulher vegana na Flórida foi condenada por assassinato na morte de seu filho por desnutrição e sentenciada na segunda-feira (29) à prisão perpétua.

Sheila O’Leary, 38, cuja família seguia uma dieta vegana rigorosa, foi condenada em junho por seis acusações – assassinato em primeiro grau, abuso infantil agravado, homicídio culposo, abuso infantil e duas acusações de negligência infantil – pela morte de Ezra O. ‘Leary. Sua sentença em Lee County, Flórida, já havia sido adiada quatro vezes.

Seu marido, Ryan Patrick O’Leary, permanece na prisão enquanto aguarda julgamento pelas mesmas acusações. Os investigadores disseram que o casal disse a eles que a família comia apenas frutas e vegetais crus, embora a criança também fosse alimentada com leite materno. O menino de 18 meses pesava 8 quilos e era do tamanho de um bebê de 7 meses quando morreu em setembro de 2019, disse um relatório da polícia.

O casal de Cape Coral tem outros dois filhos, de 3 e 5 anos, que também estavam desnutridos, disseram os investigadores. Um quarto filho havia sido devolvido ao pai biológico durante um caso anterior de desnutrição na Virgínia, mostram os registros do tribunal.