Maior editora de HQ dos EUA anuncia Yara Flor, a nova Mulher-Maravilha da Amazônia

Apesar de não especificar de qual parte exatamente da região amazônica emergirá a nova heroína, a ilustradora do projeto deu pistas de que seria da parte brasileira

0
1449
Yara Flor, a nova mulher-maravilha da DC Comics (foto: DC Comics)
Yara Flor, a nova mulher-maravilha da DC Comics (foto: DC Comics)

A DC Comics, maior editora de HQ – histórias em quadrinhos – dos EUA, anunciou na última quinta-feira (15) a saga ‘DC Future State’, que será publicada em 2021.  O projeto consiste na reelaboração da sua nova equipe de super-heróis de um jeito que o mundo nunca viu antes.

Em Future state, o presente será pausado e o foco estará no futuro, e uma das heroínas mais famosas de todos os tempos, a Mulher-Maravilha, surgirá da Amazônia.

Com roteiro e ilustrações de Joëlle Jones, primeira quadrinista mulher a ilustrar Batman, a HQ inteiramente sobre a nova heroína será intitulada ‘Future State: Wonder Woman’ e trará a história de Yara Flor. A editora americana antecipa: “Na floresta amazônica, Yara Flor é escolhida para ser a nova Mulher-Maravilha.

Anos mais tarde, o novo Superman e a Mulher-Maravilha unem forças para salvar suas cidades em uma nova turma de super-heróis”.   

Apesar de a apresentação do projeto não especificar de qual parte exatamente da Amazônia emergirá a heroína, a ilustradora Joëlle Jones usou o twitter para dar pistas de que seria da parte brasileira da região amzônica.     

Além da Mulher-Maravilha e do Superman – que será o próprio filho de Clark Kent –, os postos de outros heróis clássicos serão assumidos por novos personagens. Nesse universo, por exemplo, Bruce Wayne foi morto e outro indivíduo se ergue como o Batman para salvar Gotham City dos vilões que a dominam.      

Ainda não se sabe qual a data exata do lançamento dos novos HQ’s.