Mais de 239 mil imigrantes foram apreendidos na fronteira em maio; 100 mil foram mandados de volta

Número de brasileiros tentando a travessia aumentou; deportação sumária é baseada na política sanitária Title 42, que ainda está em vigor

0
573
Imigrantes em busca de asilo atravessam o rio Bravo para se entregar aos agentes da Patrulha de Fronteira dos EUA para solicitar asilo em El Paso, Texas (Foto: REUTERS/Jose Luis Gonzalez)
Imigrantes em busca de asilo atravessam o rio Bravo para se entregar aos agentes da Patrulha de Fronteira dos EUA para solicitar asilo em El Paso, Texas (Foto: REUTERS/Jose Luis Gonzalez)

O número de imigrantes presos atravessando a fronteira dos Estados Unidos com o México em maio chegou a 239 mil, de acordo com informações divulgadas pelo Customs and Border Protection (CBP).

Desse total, 81 mil indivíduos tentaram atravessar mais de uma vez, ou seja, tiveram a entrada recusada e retornaram. Do total, mais de 100 mil imigrantes foram deportados sumariamente com base na medida sanitária Title 42.

“As restrições atuais relativas à covid-19 estão em vigor. Adultos e famílias estão sendo deportados baseados na Title 42. Com a temperatura subindo no verão, se torna cada vez mais perigosa a travessia, mas os traficantes de pessoas não se importam”, disse o agente do CBP, Chris Magnus.

O número de menores desacompanhados apreendidos foi de 15 mil, número 20% maior que as apreensões registradas em abril.

Segundo o CBP, o número de imigrantes do Brasil, Colômbia, Índia, Turquia, Rússia, Haiti e Nicarágua tiveram um aumento significativo.