Mais de 9 mil bombeiros tentam conter focos de incêndio na Califórnia

0
977

Devastadores, incêndios já forçaram milhares de pessoas a deixarem suas casas, em meio a uma seca histórica

Bombeiros tentam combater chamas do incêndio de Rocky, na Califórnia, foco que é um dos mais devastadores no estado
Bombeiros tentam combater chamas do incêndio de Rocky, na Califórnia, foco que é um dos mais devastadores no estado

DA REDAÇÃO (com Agências) – Nas últimas semanas, o estado mais rico dos Estados Unidos, a Califórnia vem lutando contra cerca de 20 focos de incêndios devastadores que forçaram milhares de pessoas a deixar suas casas, em meio a uma seca histórica vivida no estado.

Mais de 9,3 mil bombeiros estão espalhados por todo o território, onde as autoridades decretaram situação de emergência para conter o avanço das chamas em 21 focos.

Condições adversas dificultam os trabalhos dos agentes. Desde a semana passada, os milhares de raios que caem sobre o Estado deflagraram pequenos focos de incêndio, avivados pelas altas temperaturas, pelo vento e pelos terrenos secos.

O incêndio de Chorro se tornou, no domingo (2) à tarde, o mais recente a ser enfrentado pelos bombeiros, depois de varrer 30 hectares do condado de Ventura.

O mais virulento de todos continua sendo o incêndio de Rocky, que até agora devastou mais de 24.200 hectares, e apenas 12% foram controlados. Esse incêndio “se move realmente rápido e é o maior desafio”, declarou o relações públicas do Departamento CalFire, Daniel Berlant, à rede CNN.

As chamas afetam os condados de Colusa, Lake e Yolo, ao norte de Sacramento, capital do estado. Mais de 13.100 pessoas deixaram suas casas.

Apenas para o foco de fogo em Rocky as autoridades mobilizaram 2.983 bombeiros, que enfrentam um terreno escarpado e de difícil acesso. Apesar de todos os esforços, o incêndio de Rocky já queimou 50 imóveis, entre eles 24 casas. Outras 6.000 estão ameaçadas. Além disso, várias autoestradas tiveram de ser fechadas. Animais também foram levados para locais seguros.

O condado de Trinity, perto da fronteira com o Oregon, no norte do estado, registra neste momento dois dos incêndios mais extensos da Califórnia, sendo que o maior deles, chamado Fork Complex, já queimou 10.200 hectares e só está contido em 5%.

Seca favorece
A brutal seca que atinge o estado há quatro anos está favorecendo a proliferação e o descontrole de incêndios.

A gravidade da situação e a morte de um bombeiro na última semana obrigaram o governador Jerry Brown a declarar estado de emergência para dispor de todo orçamento e material necessários.

As condições meteorológicas devem se manter adversas até o fim do verão (hemisfério norte), com picos de calor e registros mínimos de umidade.