Mais de 900 voos da American Airlines serão cancelados até julho

Aumento na demanda por viagens, falta de mão de obra e até questões climáticas obrigam a empresa a diminuir a oferta de voos

0
2121
American Airlines opera no Brasil há 28 anos
Clientes que fizeram reservas até 15 de julho serão notificados (foto: flickr)

A combinação do aumento maciço da demanda de viagens com a falta de mão de obra fez com que a American Airlines anunciasse o cancelamento de centenas de voos até o próximo mês de julho.

Somente no último fim de semana, a empresa cancelou 123 voos no sábado, 190 no domingo e, nesta segunda-feira (21), outros 106;  de acordo com o site FlightAware. 

A projeção é que a redução continue ao longo do semana, com o encerramento de 50 a 80 voos diariamente, até atingir a marca de 950.

“As primeiras semanas de junho trouxeram um clima sem precedentes para nossos maiores ‘hubs’, impactando fortemente nossa operação e causando atrasos”, disse Shannon Gibson, porta-voz da companhia aérea, à CNN .

Ele destacou que indústrias em todos os EUA  tem lutado para contratar funcionários enquanto a economia volta gradativamente ao normal pós-pandemia.

Os cancelamentos, de acordo com o porta-voz, ocorrerão em cidades de todo o país. Mas algumas regiões como Charlotte, North Carolina e Dallas/Fort Worth terão um impacto maior, também devido à questões climáticas que naturalmente obrigam a suspensão das rotas nestes locais em determinados períodos do ano.

“Fizemos mudanças direcionadas com o objetivo de impactar o menor número de clientes, ajustando voos em mercados onde temos várias opções de reacomodação”, falou.

Os clientes que fizeram reservas até 15 de julho serão notificados ou já receberam notificações sobre os status de suas viagens e a necessidade de remarcação.