Mais uma loja de carros é roubada no sul da Flórida

Uma semana depois de a Brascar ter sido alvo de bandidos, a Apple Auto de Fort Laurderdale teve oito carros de luxo roubados

0
5923
Fachada da Apple Auto em Fort Lauderdale que foi roubada na noite do dia 17
Fachada da Apple Auto em Fort Lauderdale que foi roubada na noite do dia 17

A recém-inaugurada loja de veículos seminovos, Apple Auto Wholesalers, localizada em Fort Lauderdale (FL) foi roubada na noite de quarta-feira (17). Os bandidos levaram oito carros, entre eles, Mercedes, BMW, Mustang e Audi. Este é o segundo roubo em uma semana em loja de carros de brasileiros no sul da Flórida. Na semana passada, a Brascar, que fica em Pompano Beach, teve 15 carros levados por bandidos durante a noite. Desses, 12 carros já foram recuperados e seis suspeitos (todos americanos) foram presos.

De acordo com o gerente-geral da Apple Auto, Camilo Macedo, os bandidos entraram na loja pelos fundos e desligaram a energia elétrica de toda a loja, o que desativou todas as câmeras de segurança. O gerente recebeu uma mensagem de texto em seu telefone falando sobre o corte de energia na região. “Eu vejo pelo meu celular as imagens do circuito interno e também sou notificado caso o alarme seja acionado. Como eles desligaram a energia, pensei que fosse algo em todo o quarteirão e não um roubo na loja”, disse Camilo.

Ele disse que a polícia já localizou seis veículos e prendeu dois suspeitos, graças ao GPS em um dos carros. “Rastreamos o veículo e os bandidos estavam nas proximidades. Eles espalharam os carros pela vizinhança, para quando a poeira baixasse, levar para algum desmanche”, acredita.

Ainda segundo Camilo, os ladrões postaram fotos no Facebook exibindo as chaves e sentados em cima de um dos carros. A página foi encontrada pela polícia. “É muita cara de pau”, disse.

Ladrões se passaram por clientes

Camilo disse que os ladrões estiveram na loja uma semana antes se passando por clientes. Eles tentaram ter o crédito aprovado para comprar um Audi e não foram aprovados. “Eles devem estudado bem o local para planejar o crime”.

Ele disse estar assustado com a violência, já que as duas lojas que Apple tem no estado de Connecticut nunca foi roubada. “É o segundo caso em uma semana. Precisamos de mais segurança, os bandidos estão cada vez mais audaciosos”.