Médica brasileira irá integrar força-tarefa criada por Biden para enfrentar a pandemia

Treze médicos e especialistas irão compor um grupo estratégico para orientar Biden e a vice-presidente eleita kamala Harris no combate à covid-19

0
1355
Luciana Borio foi cientista-chefe da Food and Drug Administration (FDA). (foto: Michael J. Ermarth/Food and Drug Administration)
Luciana Borio foi cientista-chefe da Food and Drug Administration (FDA)(foto: Michael J. Ermarth/FDA)

O presidente eleito Joe Biden indicou a médica brasileira Luciana Borio para integrar o time que irá atuar na linha de frente do combate à pandemia de covid-19 no governo do Democrata.

Além da brasileira, a força-tarefa que começa a atuar ainda neste período de transição do governo, inclui outros 12 especialistas que irão aconselhar Biden e a vice-presidente eleita, Kamala Harris, sobre medidas necessárias para conter o avanço da doença.  OS EUA é o país mais afetado pela covid-19 no mundo com quase 240 mil mortos.

Luciana Borio já ocupou diversos cargos em órgãos de saúde do governo norte-americano, incluindo o de cientista-chefe da Food and Drug Administration (FDA).

Especialista em doenças infecciosas, ela se formou em medicina pela Universidade George Washington e trabalhou entre 2010 e 2019 (nas gestões de Barack Obama e Donald Trump) no combate às epidemias de zika e ebola.

O conselho consultivo será liderado pelos co-presidentes David Kessler, Vivek Murthy e Marcella Nunez-Smith.

Confira todos os nomes que irão integrar a força-tarefa:

David Kessler:  ex-comissário da FDA

Marcella Nunez-Smith: reitora da universidade de Yale para pesquisa de equidade em saúde

Vivek Murthy: especialista em epidemias e cirurgião geral

Luciana Borio:  especialista em epidemias e ex-cientista-chefe da FDA

Rick Bright: ex-diretor do BARDA

Zeke Emanuel: ex-assessor de políticas de saúde do governo Obama

Atul Gawande: epidemiologista e cirurgião do Hospital Brigham and Women

Celine Gounder:  professora da cadeira de medicina da New York University

Julie Morita:  ex-secretária de saúde pública de Chicago

Michael Osterholm: diretor do Centro de Pesquisa e Política de Doenças Infecciosas da Universidade de Minnesota

Loyce Pace:  diretora-executiva do Global Health Council

Robert Rodriguez: professor de medicina de emergência da UCSF

Eric Goosby:  ex-diretor do Ryan White Care Act