Médico polonês com green card é preso pelo ICE

Em 1993, homem teve passagens pela polícia por crimes menores e agora está preso

0
5581
Médico polonês está pre
Médico polonês está pre

DA REDAÇÃO, COM WASHINGTON POST – O médico polonês Lukasz Niec, de 43 anos e detentor de green card, foi detido na terça-feira (16) por agentes do U.S. Immigration and Customs Enforcement – ICE -, que alegou que o médico teria antecedentes criminais.

Segundo a “ordem de convocação” emitida pelo Departamento de Segurança Nacional (DHS), a prisão do médico é resultado de duas condenações por delito ocorridas há 26 anos. Em janeiro de 1992, Niec foi condenado por destruição maliciosa de propriedade no valor abaixo de $100. Em abril do mesmo ano, ele foi condenado por receber e guardar propriedade roubada no valor acima de $100. Devido ao fato de ele ter sido condenado por dois crimes de “ordem moral”, ele está sujeito à deportação, escreveram as autoridades imigratórias no documento, tendo como base o Ato de Imigração & Nacionalidade (INA).

Ambos os delitos ocorreram quando ele era adolescente e se envolveu com algumas “pessoas más”, relatou a irmã. O primeiro incidente envolveu o motorista de um carro depois de uma batida. Ele estava com vários outros adolescentes no veículo. O segundo delito havia sido apagado do histórico criminal dele, como parte do programa Michigan’s Holmes Trainee Act, cujo objetivo é impedir o estigma de antecedentes criminais. Mesmo que o crime tenha sido apagado do histórico público dele, ainda pode ser usado contra ele para propósito de deportação, detalhou ela.

Segundo os arquivos do Tribunal do Condado de Kalazoo, Niec também assumiu a culpa em 2008 por dirigir alcoolizado. Depois de cumprir a liberdade condicional, a condenação foi arquivada. Além disso, ele foi acusado de violência doméstica em 2013 e considerado inocente posteriormente. Quando ele renovou o green card há alguns anos, ele sentiu “uma sensação falsa de segurança” de que aquele documento era suficiente, comentou a irmã. “Você não podia votar, mas essa era a única diferença. Não é mais o caso; possuir esse status não é suficiente”.

Lukasz Niec tinha 5 anos de idade quando os pais dele trouxeram ele e a irmã aos EUA vindos da Polônia.  Niec recebeu um green card  temporário, em 1989, tornando-se um residente legal permanente. Ele cresceu em Michigan, cursou a universidade de Medicina, tornou-se doutor e criou uma filha e enteada. O médico está preso aguardando audiência para pagamento de fiança e pode enfrentar a deportação.