Menina de dez anos sobrevive a ataque de jacaré ao aplicar técnica que aprendeu em curso

Ela enfiou os dedos nas narinas do animal e ele abriu a mandíbula soltando a vítima; ataque aconteceu em Orlando

0
40204
O jacaré foi morto depois do ataque
O jacaré foi morto depois do ataque

Uma criança de dez anos sobreviveu a um ataque de jacaré em Orlando, no sábado (6), depois de enfiar os dedos nas narinas do animal fazendo com que ele abrisse as mandíbulas. Segundo a polícia, a criança já havia aprendido na escola lições de como sobreviver a um ataque de jacaré e colocou a lição em prática.

A menina estava brincando em cima de uma prancha de paddle board em um lago raso no Lake Mary Jane, em Orlando, quando um jacaré de nove pés de comprimento agarrou sua perna. A garota conseguiu alcançar as narinas do animal, ele abriu a boca e soltou a criança.

Ela foi socorrida e levada para o hospital com ferimentos na perna, mas passa bem. “Conseguir se livrar de um animal que tem a mordida mais forte do planeta é um milagre. Estou muito feliz que ela tenha aprendido essa lição conosco e está viva para contar”, disse Donald Aldarelli, do Gatorland, onde a garota aprendeu as lições de sobrevivência.

O jacaré foi capturado e morto em seguida ao ataque.

Na Flórida, houve 263 ataques de jacarés desde 1948 (quando começou a ser contabilizado) e 24 pessoas morreram em consequência dos ataques.

“Todo floridiano deve saber que onde tiver água, pode ter um jacaré escondido ali”, disse Chad Weber do Florida Fish and Wildlife Conservation Commission.