Menino com doença grave emociona jogadores do Cruzeiro

0
1854

O estádio do Mineirão em Belo Horizonte (MG), tão acostumado com tardes e noites vibrantes em 50 anos de história, viveu uma manhã emocionante no domingo (18). O menino Matheus Oliveira, de seis anos, que luta contra uma doença grave no intestino, entrou em campo com os jogadores do Cruzeiro.

Ele entrou todo uniformizado, de mão dadas com o mascote do Cruzeiro. A mãe, o pai e a prima ajudaram a carregar os equipamentos com o soro e a sonda de alimentação. Matheus nem tinha ideia do que iria acontecer no Mineirão.

Diagnosticado com displasia neural intestinal e com deficiência visual, o pequeno Matheus precisa de uma cirurgia no intestino que só é realizada no Jackson Memorial Hospital em Miami. Ele também é deficiente visual. Nas arquibancadas, milhares de pessoas esperavam por ele. A torcida do Cruzeiro já conhecia a luta do menino, que tem uma doença rara. Há um mês, Matheus apareceu no Jornal Hoje e emocionou muita gente. Ele estava internado há um ano e, no dia da alta dos médicos, acreditou que estava fugindo com os amigos palhaços em uma caixa de brinquedo.

Além da mobilização na internet para arrecadar dinheiro, a família pretende acionar a Justiça para tentar que o governo custeie o tratamento. Gecilene diz que já está em contato com o advogado que defendia a de família do menino Pedrinho. Em julho deste ano, uma decisão judicial obrigou que a União pagasse o transplante de intestino para o bebê, de 1 ano, nos Estados Unidos. Porém, não houve tempo para salvar a vida de Pedrinho, que acabou morrendo cerca de 20 dias depois.