Local

Menores fazem motim e escapam de centro feminino de saúde mental na Flórida

Pelo menos 50 das 130 residentes do Centro de Tratamento de Sandy Pines se envolveram em um conflito que acabou em motim no condado de Martin

Menores são presas após tentativa de fuga de clínica de saúde mental. Foto: Facebook

Oito menores escaparam da unidade feminina de uma clínica de saúde mental no condado de Martin, na Flórida, na noite de sexta-feira (20), depois que uma briga estourou entre as pacientes. A afiliada da NBC, WPTV, relatou que 50 das 130 residentes do SandyPines Adolescent Residential Treatment Center se envolveram em um conflito que acabou em motim e fuga.

O Gabinete do Xerife do Condado de Martin disse que três pessoas ficaram feridas no incidente, incluindo uma funcionária. “As participantes quebraram janelas, destruíram móveis e se envolveram em uma grande briga antes que um grupo de jovens escapasse da instalação”, disse o escritório do xerife. A polícia local usou um helicóptero para localizar as fugitivas, capturadas pouco tempo depois nos arredores do centro de reabilitação.

Pelo menos 12 menores identificadas no motim foram levadas para um centro de detenção juvenil em Fort Pierce sob várias acusações.

O SandyPines se descreve como um centro de tratamento de saúde comportamental para crianças e adolescentes de 12 a 17 anos, com campus de 19,2 acres ao lado do Parque Estadual Johnathan Dickinson.