Miami-Dade entregou 436 imigrantes indocumentados para o ICE em 2017

Entre os imigrantes entregues para Imigração, 100 foram presos por crimes violentos, outros foram pegos sem carteira de motorista, posse de drogas e outro foi flagrado bebendo álcool em local público

0
3616

DA REDAÇÃO, COM MIAMI HERALD – O condado de Miami-Dade está cumprindo à risca as determinações do presidente Donald Trump e entregando imigrantes indocumentados presos – por razões diversas – à imigração. De acordo com reportagem do Miami Herald, em 2017, 436 imigrantes detidos foram entregues ao US Immigration and Customs Enforcement – ICE.

O prefeito Carlos Gimenez, do Partido Republicano, deu as ordens para que as prisões entreguem imigrantes sem documentos ao governo. Ele retirou da cidade de Miami o título de ‘santuário’ logo depois que Trump tomou posse.

Desde que a política mudou, em média, mais de um preso por dia foi entregue ao ICE. Em muitos casos, os presos entregues ao ICE já tinham sido liberados depois de audiência, de ter pago fiança ou cumprido a pena.

Entre os imigrantes entregues para Imigração, 100 foram presos por crimes violentos, como sequestro e tentativa de homicídio. Outros foram pegos sem carteira de motorista, outros por posse de drogas e outro foi flagrado bebendo álcool em local público.

“O condado de Miami-Dade acata as leis federais e coopera integralmente com o governo federal”, escreveu Gimenez em uma carta endereçada ao departamento de correções e reabilitação do condado. “Trabalharei ao lado do Board of County Commissioners [câmara de vereadores do condado] para que possamos cumprir com esse objetivo”, disse Gimenez.