Miami Open 2019 começa nesta segunda-feira (18)

0
2012

O consagrado Miami Open, inaugurado em 1985, começa nesta segunda-feira (18), no Hard Rock Stadium. Depois de ter-se popularizado e ficar conhecido como um dos torneios de tênis de maior prestígio do mundo, o Crandon Tennis Park em Key Biscayne ficou pequeno para abrigar a grandeza do evento, considerado informalmente como o “Quinto Grand Slam” – alusão aos quatro torneios de tênis que formam o Grand Slam do tênis: Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open. A afluência do público para assistir às partidas que reúnem os grandes astros da modalidade se tornou um incômodo, visto que Key Biscayne é uma ilha e, portanto, tem um único acesso, transformando as vidas dos fãs do tênis e dos moradores em um caos.

Para contornar esse problema, surgiu Stephen Ross, dono do Miami Dolphins, disposto a investir $550 milhões para transformar o Hard Rock Stadium no novo centro do Miami Open nestas duas últimas semanas de março. O torneio se encerra no domingo, 31 de março.

Interessante frisar que foram construídas 29 quadras duras – 11 para as partidas e 18 para treinos, incluindo três quadras com arquibancadas, criando Spanish Steps com teto retrátil e jardim de cerveja,  Great Lawn, praça de alimentação, e espaço Olive Grove com mesas e música. Os jogadores Também dispõem de mais espaço nos vestiários, academia de ginástica três vezes maior e área para entradas privativas, aperfeiçoamento de opções de comidas e áreas reservadas para as famílias. O Miami Open construiu também uma quadra principal temporária com 13.800 assentos, usando locais permanentes no campo de 65.000 lugares do Miami Dolphins (na divisa dos condados Miami Dade e Broward). O torneio adicionou 12 suítes temporárias durante o Miami Open.

Com todas essas melhorias – que inclui ainda mais espaço para estacionamento -, houve um reajuste no preço dos ingressos que podem ser adquiridos pelo telefone (305) 943-OPEN ou pelo website https://oss.ticketmaster.com.

Apesar de todas essas modificações, algumas coisas não mudaram. O patrocínio do torneio foi renovado entre Itaú (por mais cinco anos) e Lacoste. E, claro, os principais astros da modalidade estarão presentes. Os fãs do tênis não vão querer perder grandes exibições de Rafael Nadal, Novak Djokovic, Roger Federer (no fim de sua brilhante carreira – tive a felicidade de assistir ao vivo o “monstro” jogando em Key Biscayne), Juan Martin del Potro e Alexander Zverev entre outros e no feminino assistir Serena Williams – uma das maiores tenistas de todos os tempos -, Sloane Stephens, Angelique Kerber, Simona Halep, Petra Kvitova e Naomi Osaka – a primeira japonesa a ser nº1 do mundo. Ou seja, fãs do tênis têm encontro marcado no Hard Rock Stadium.

Brasileiros na Libertadores: sentimentos diferentes

A rodada de meio de semana foi boa para Palmeiras, Flamengo e Internacional e ruim para Grêmio e Atlético Mineiro.

O Galo está em situação incômoda no Grupo E. Após duas rodadas, o clube de Belo Horizonte divide a lanterna com o Zamora da Venezuela, ambos sem nenhum ponto ganho, ao contrário de Cerro Porteño, do Paraguai, e Nacional, do Uruguai, que dividem a liderança do grupo com seis pontos ganhos. Após ter perdido em casa para o Cerro por 1 a 0 na estreia, o time de Levir Culpi voltou a ser derrotado pelo mesmo placar para o Nacional em Montevidéu na terça-feira (12). Para sonhar com a classificação, o Atlético-MG precisa vencer as quatro partidas restantes e torcer por resultados que lhe favoreçam. No dia 2 de abril, recebe o fraco Zamora e não pode sequer pensar em empatar.

Grêmio frustra sua torcida

Um dos favoritos ao título, o Grêmio frustrou os torcedores na noite de terça (12) ao ser derrotado pelo Libertad do Paraguai em sua própria Arena. Mesmo com talentos como Everton, Geromel, Diego Tardelli, Felipe Vizeu e Luan (que está em má fase), o time comandado por Renato não soube se impor e perdeu por 1 a 0 para a equipe Uruguai, e agora ocupa a lanterna do Grupo H juntamente com o Rosário Central da Argentina. O próximo compromisso do Tricolor gaúcho está marcado para 4 de abril no Chile contra Universidad Católica e precisa muito da vitória para sonhar com a classificação.

Palmeiras salva brasileiros na noite de terça

Enquanto Grêmio e Galho falhavam, o Verdão venceu com tranquilidade o Melgar do Peru por 3 a 0 (gols de Felipe Melo, Ricardo Goulart e Deyverson) e confirmou sua condição de líder do Grupo F com seis pontos ganhos em dois jogos. O próximo compromisso está marcado para o dia 2 de abril em Buenos Aires, quando enfrentará o San Lorenzo de Almagro, que ocupa a vice-liderança do grupo, com um empate e uma vitória. Um empate será um bom resultado, porém, o Palmeiras tem condições de retornar da Argentina com a vitória e a classificação garantida.

Nico López garante vitória do Internacional

Com dois gols de Nico López, o Internacional bateu o clube peruano Alianza Lima e garantiu a liderança do Colorado no Grupo A na noite de quarta-feira (13). O clube de Porto Alegre tem tudo para confirmar a liderança em seu próximo jogo contra o River Plate no Beira Rio, marcado para 3 de abril. O atual campeão da Copa Libertadores da América faz uma campanha discreta e ocupa a vice-liderança do grupo com 2 pontos ganhos, fruto de empates com os lanternas  Palestino e Alianza Lima. Caso vença o clube de Buenos Aires, o Colorado praticamente sela sua classificação para a próxima fase.

Flamengo levanta torcida no Maracanã ao bater LDU

O Rubro-Negro carioca se impôs no Maracanã e venceu com categoria a LDU de Quito por 3 a 1, com gols de Everton Ribeiro, Gabigol e Uribe para o Flamengo e Borja para o clube equatoriano e mais um pênalti defendido por Diego Alves. A vitória garante 100% de aproveitamento na Copa Libertadores da América, e LDU está em segundo lugar. No dia 3 de abril, também no Maracanã, o clube carioca receberá o Peñarol e, se vencer, praticamente garantirá sua classificação para as oitavas de final. Pelo Grupo G, Athletico-PR recebeu Jorge Wilstermann da Bolívia na quinta-feira (14). O Cruzeiro também deveria jogar contra o Deportivo Lara, que não pôde viajar para Belo Horizonte por não ter dinheiro para pagar as passagens. A própria diretoria do Cruzeiro se propôs a pagar as despesas do adversário, mas o jogo, válido pelo Grupo B, foi transferido para o dia 27 de março.

Corinthians vence e fica perto da classificação na Copa do Brasil

Com um futebol bem jogado, o Corinthians soube se impor em Fortaleza e venceu o Ceará e as péssimas condições do gramado do Estádio Castelão na noite de quarta-feira (13). Os gols do Alvinegro paulista foram anotados por Junior Urso, Vagner Love e Jadson, enquanto Juninho marcou de pênalti para o Alvinegro cearense. O Ceará terá a difícil missão de derrotar o Timão no Itaquerão, no dia 3 de abril, se quiser passar para a próxima fase da Copa do Brasil.

Fórmula 1 dá largada na Austrália

No final de semana de 15 a 17 de março, começa a Fórmula 1, a principal categoria do automobilismo mundial, no circuito de Adelaide, na Austrália. No total, serão disputadas 18 provas.

Calendário

  • 17 de março / Austrália
  • 31 de março / Bahrein
  • 14 de abril / China
  • 28 de abril / Azerbaijão
  • 12 de maio / Espanha
  • 26 de maio / Mônaco
  • 09 de junho / Canadá
  • 23 de junho / França
  • 30 de junho / Áustria
  • 14 de julho / Inglaterra
  • 28 de julho / Alemanha
  • 04 de agosto / Hungria
  • 01 de setembro / Bélgica
  • 08 de setembro / Itália
  • 22 de setembro / Singapura
  • 29 de setembro / Rússia
  • 13 de outubro / Japão
  • 27 de outubro / México
  • 03 de novembro / Estados Unidos (a confirmar)
  • 17 de novembro / Brasil
  • 01 de dezembro / Abu Dhabi

Novamente, Lewis Hamilton (pentacampeão) desponta como favorito ao lado de Sebastian Vettel (tetracampeão) para a conquista de mais um título da categoria. Os 20 pilotos das 10 equipes de Fórmula 1 são:

Alfa Romeo Racing

  • Kimmi Raikkonen
  • Antonio Giovinazzi

Aston Martin Red Bull Racing

  • Max Verstappen
  • Pierre Gasly

Haas

  • Romain Grosjean
  • Kevin Magnussen

Mercedes-AMG Petronas Motorsports

  • Lewis Hamilton
  • Valtteri Bottas

McLaren

  • Carlos Sainz Jr.
  • Lando Norris

Racing Point Force India

  • Sergio Perez
  • Lance Stroll

Renault Sport

  • Daniel Ricciardo
  • Nico Hulkenberg

Scuderia Ferrari

  • Sebastian Vettel
  • Charles Leclerc

Scuderia Toro Rosso

  • Daniil Kviat
  • Alexander Albon

Williams Racing

  • Robert Kubica
  • George Russell

Junior Cigano critica possibilidade de Brock Lesnar lutar por cinturão

Uma luta entre Daniel Cormier e Brock Lesnar vem sendo especulada desde que o atual campeão dos pesos-pesados venceu Stipe Miocic. Mas nem todos estão felizes em ver a superluta acontecer, caso de Junior Cigano

O brasileiro, que venceu no último final de semana Derrick Lewis no UFC Wichita, afirmou após a luta que não entende como o astro da luta-livre terá a chance de poder lutar pelo título dos pesados mesmo distante dos octógonos e vindo de suspensão por doping,

“Com certeza, não é o Brock Lesnar. Não faz sentido. Sou um fã, gosto de ver o Brock lutar, mas que não seja pelo cinturão. Ele nem é parte do MMA agora. Ele não pode voltar agora e lutar pelo cinturão. Sei que o Cormier quer ganhar o dinheiro dele, mas assim já é demais”, declarou Cigano segundo o MMAFighting.