Milhares de homens fogem da Rússia com medo de serem convocados para a guerra na Ucrânia

Russos começaram a fugir do país horas depois de Putin ordenar o que ele chamou de mobilização "parcial" para convocar 300 mil homens que devem ser enviados à Ucrânia

0
744
Polícia age com vigor para conter as manifestações contra o draft dos jovens russos (Foto: npr.org)
Polícia age com vigor para conter as manifestações contra o draft dos jovens russos (Foto: npr.org)

Milhares de russos estão tentando fugir do país, com medo de serem pegos na mobilização militar ordenada pelo presidente Vladimir Putin para reabastecer suas forças na Ucrânia.

Filas de quilômetros de extensão se formaram nas passagens de fronteira com alguns países vizinhos em meio ao êxodo, enquanto os russos lotam as rotas de saída, preocupados que o governo possa em breve impor mais restrições à saída de homens em idade militar.

Autoridades do Cazaquistão, que faz fronteira com a Rússia ao sul, disseram que 98 mil russos entraram no país desde que Putin anunciou a mobilização na quarta-feira (21) passada. O Ministério do Interior da Geórgia disse à ABC News na terça-feira que 100 mil pessoas entraram em seu território nos últimos dias. Dezenas de milhares partiram através de outros países, incluindo Finlândia e Mongólia. O serviço de fronteira da União Europeia disse que 66 mil russos entraram no bloco na semana passada, 30% a mais do que na semana anterior.

Os russos começaram a fugir do país horas depois de Putin ordenar o que ele chamou de mobilização “parcial” para convocar 300 mil homens em um esforço para reverter o curso de sua vacilante guerra na Ucrânia. Na realidade, os especialistas dizem que há poucas restrições sobre quem pode ser convocado e há relatos generalizados de homens sendo mobilizados, independentemente de sua elegibilidade.

Embora a mobilização, por enquanto, seja oficialmente destinada apenas a quem tem alguma experiência militar, muitos temem que os critérios possam ser ampliados e que o governo possa impedir que homens em idade militar deixem o país. Os homens sujeitos ao recrutamento são impedidos de deixar o país e estão surgindo relatos generalizados de homens com experiência militar sendo expulsos das fronteiras.