Milionário acusado de matar a esposa é preso depois de quatro anos foragido

Peter Chadwick, de 54 anos, teria matado sua esposa em 2012 na casa do casal em Newport Beach, Califórnia

0
2020
Peter Chadwick foi detido depois de quatro anos em fuga (Foto Divulgação New Port Beach Police)

Um milionário da Califórnia foi preso na segunda-feira (5) depois de quatro anos foragido. Peter Chadwick, de 54 anos, é acusado de matar a esposa Quee Choo Chadwick em 2012 na luxuosa residência do casal em Newport Beach.

Peter é acusado de estrangular sua mulher e jogar o corpo em uma lata de lixo no condado de San Diego. Ele então ligou para a polícia e disse que a esposa teria sido sequestrada e morta por um empregado da casa do casal.

A polícia foi até a casa dos dois e encontrou vestígios de sangue e sinais de luta corporal, chegando à conclusão de que a mulher foi morta por Peter. Os dois estariam em processo de divórcio.

Na época, Peter foi preso e liberado depois de pagar fiança de $1 milhão. Ele teria que comparecer à uma audiência pré-julgamento em 2015 e não apareceu. Desde então, está na lista dos mais procurados dos Estados Unidos.

As circunstâncias de sua prisão não foram informadas. (Com informações da CNN)