Mineira ganha bolsa de estudos na Flórida

Concurso é oferecido anualmente pela ONG USAHelp4U com apoio da Lingua Language Center - FLL

0
5632
Estudante de Design de Ambientes, Jéssika Stephanny Guimarães Marques
Estudante de Design de Ambientes, Jéssika Stephanny Guimarães Marques

A estudante de Design de Ambientes, Jéssika Stephanny Guimarães Marques, de 28 anos, foi a vencedora do Contest 2016. Este foi o segundo ano do concurso realizado pela ONG USAHelp4U com patrocínio da escola Lingua Language Center, em Fort Lauderdale. A brasileira levou uma bolsa de um mês de curso de inglês, e acomodação pelo mesmo período.

A viagem será feita no mês de julho de 2017. A escolha da vencedora foi feita em três etapas. Inicialmente, os membros do conselho voluntário da ONG escolheram as dez melhores respostas da pergunta-chave do concurso, a segunda etapa ficou por conta da escola que selecionou os três primeiros colocados e três suplentes. Jéssika era a sexta na lista, mas devido a três desistências, ela acabou entre os três primeiros colocados para a última fase.

Os três primeiros realizaram um vídeo explicando ao público porque gostariam de ganhar a bolsa. O público votou e o vídeo de Jéssika conseguiu 1,9 mil votos no facebook. “O trabalho de solicitação de votos foi intenso! Passei os 4 dias sem dormir, me dediquei a isso, fui pedindo votos a todos os amigos, familiares e até desconhecidos. Graças a Deus, as pessoas me conhecem, todos abraçaram minha causa e me ajudaram. ’’, lembra a estudante.

Jéssika conta que deseja investir no aprendizado de inglês porque gostaria de dar continuidade a carreira acadêmica fazendo um mestrado e desenvolvendo seu projeto de pesquisa na área de neuroarquitetura. “Para isso, preciso passar no teste de proficiência em inglês, que até hoje não consegui passar. Espero poder aproveitar que estarei imersa no país e tentar ao máximo aprender o inglês, pois é uma oportunidade ímpar para mim!’’, planeja.

Mas os planos de viagem vão além da sala de aula. “E se for possível, quero realizar um sonho de infância, quero conhecer a Disney! ”, disse.

“Se não fosse a bolsa da ONG com a Lingua Language Center, as chances de custear um intercâmbio deste porte, seriam remotas. Eu teria que trabalhar muito e juntar muito dinheiro. Por isso falo que é uma oportunidade única! E por isso me esforcei ao máximo, não podia perdê-la! ’’, conta Jéssika.

Cerca de 100 pessoas participaram do concurso. Todos os participantes do concurso ganharam cupons de desconto para cursos de inglês na escola de idiomas em Fort Lauderdale. Cupons não usados ficam à disposição do público.

ONG

USHelp4U é uma organização não governamental no estado da Flórida (USA) dedicada a oferecer suporte e informação adequada aos estudantes brasileiros interessados em investir no aprendizado da língua inglesa e profissional nos Estados Unidos. Outras informações sobre a ONG pelo website www.usahelp4u.com e ou e-mail info@usahelp4u.com.

Como buscar bolsas de estudos nos EUA  

A busca por bolsas de estudos pode levar meses e quando a oportunidade surgir, o estudante precisa estar preparado e com documentos em dia. Vale a pena manter uma rotina de busca e continuar os estudos do idioma. Pesquisas mostram que um curso no exterior pode elevar significativamente as chances de empregabilidade do estudante ao retornar para seu país de origem, sem falar a bagagem cultural muito apreciada em empresas multinacionais.

Em resumo há três tipos de instituições que oferecem bolsas de estudos a estudantes internacionais nos EUA: as primeiras são as próprias universidades, que oferecem bolsas de mérito ou por necessidade financeira aos alunos aprovados em seu processo seletivo. Veja ranking das melhores universidades americanas no website http://www.topuniversities.com.

As segundas são fundações ou instituições sem fins lucrativos, que apoiam estudantes de determinado país, minoria ou que atuem em determinada área para que eles realizem um período de estudos ou pesquisa no exterior. Veja detalhes no website http://www.internationalstudent.com/study_usa/.

Por fim, há também as bolsas oferecidas pelos governos, que visam atrair talentos para as suas universidades e incentivar a colaboração entre países. Estas são, em geral, bolsas bastante generosas que cobrem, além da anuidade da instituição, custos de vida no país, seguro saúde e, por vezes, passagens aéreas. No caso do Brasil, o programa seria o Ciência Sem Fronteiras–http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf.